Braga, segunda-feira

A Casa ao Lado pinta hospital com cor e esperança

Regional

19 Dezembro 2020

Redação

Projecto de requalificação e decoração em unidade do Hospital de Famalicão, da autorida do centro artístico A Casa ao Lado, é o vencedor do concurso Programar em Rede, promovido pelo Município de Famalicão.

O projecto de requalificação e decoração dos espaços da Unidade de Famalicão do Centro Hospitalar do Médio Ave (CHMA) do centro artístico ‘A Casa ao Lado’ venceu a edição deste ano do concurso ‘Programar em Rede’, promovido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

‘O centro artístico vai agora receber uma verba que poderá chegar aos dez mil euros para a concretização do projecto, promovido em parceria com o CHMA e a empresa famalicense ‘Arga Tintas’. As intervenções artísticas vão decorrer durante o próximeo meio ano em vários serviços da unidade hospitalar, nomeadamente pela área pediátrica, pelo Serviço de Patologia Clínica, entre outros espaços.

O projecto, que visa homenagear quem cuida e quem é cuidado, assenta na ideia de que a arte e a pintura mural num espaço hospitalar podem atuar como uma ferramenta poderosa de conforto e esperança a pacientes, famílias, equipas médicas e voluntários. Através da requalificação e decoração dos espaços, ‘A Casa ao Lado’ pretende “ajudar a criar um ambiente harmonioso, agradável e tranquilo em espaços conotados a dor, stress e doença”.

A iniciativa ‘Programar em Rede’ arrancou em 2016, com a Fundação Cupertino de Miranda e o projecto cultural ‘Museus Ilustrados em Rede’. Em 2017, a grande vencedora foi ‘A Casa ao Lado’ com o projecto de arte urbana intitulado ‘Traço’ e em 2018 foi a Associação Dar-as-Mãos com o projecto ‘Poesia Invade a Cidade’. Em 2019 o projecto vencedor foi da Associa- ção de Moradores das Lameiras, com ‘Marc@s, Intervenção pela Arte & Cultura - Pela Coesão Comunitária’.

Deixa o teu comentário