Braga, quarta-feira

AEMinho avança com pedido de adesão à CIP

Regional

08 Abril 2021

Redação

Pedido formal segue após a assembleia-geral constituinte, mas a comissão instaladora já se reuniu com a Confederação Empresarial de Portugal.

A Associação Empresarial do Minho (AEMinho) vai formalizar o pedido de adesão à Confederação Empresarial de Portugal (CIP) após a assembleia-geral constituinte que terá lugar a 28 de Maio. A notícia foi avançada pela recém-criada associação do Minho, cuja comissão instaladora é presidida pelo empresário Ricardo Costa.


A AEMinho reuniu já na passada semana com a CIP, naquela que foi a sua primeira reunião institucional. Conhecer melhor a maior e mais representativa estrutura associativa empresarial nacional - sendo a voz de mais de 150 mil empresas -, enquadrar os motivos que levaram à criação da associação empresarial do Minho e reflectir sobre o movimento associação em Portugal, com especial incidência na região do Minho foram os objectivos desta reunião que contou a participação de Ricardo Costa (presidente da Comissão Instaladora da AEMinho), Gonçalo Pimenta de Castro (vice-presidente), António Saraiva (presidente da CIP) e Pedro Mota Soares (vice-presidente da CIP). “Esta reunião culminou com a certeza de que a AEMinho será associada da CIP”, refere a associação minhota em comunicado
 

 Para Ricardo Costa, a adesão da AEMinho à CIP é considerada fundamental. “Antes de mais, quero realçar e agradecer a forma como fomos recebidos. Congratulamo-nos pelo facto de o presidente da CIP ter dado os parabéns à iniciativa da constituição da AEMinho e ter manifestado todo o apoio a este movi- mento associativo que vem representar as médias e grandes empresas do sector industrial e tecnológico da região do Minho Para a AEMinho, considero que é fundamental aderir à CIP e ter uma voz activa em representação da iniciativa empresarial da nossa região”, conclui.

Deixa o teu comentário