Braga, quinta-feira

António Silva Campos reeleito com votação recorde quer Rio Ave a 'conquistar uma taça'

Desporto

16 Novembro 2020

Redação

António Silva Campos foi hoje reeleito para um quinto mandato consecutivo na presidência do Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, conseguindo uma votação recorde na história do clube vila-condense.

António Silva Campos foi hoje reeleito para um quinto mandato consecutivo na presidência do Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, conseguindo uma votação recorde na história do clube vila-condense.

Num ato eleitoral em que apenas uma lista se apresentou a sufrágio, participaram 665 associados, tendo 650 se mostrado favoráveis à continuidade de António Silva Campos, com 10 votos brancos e cinco nulos.

"É uma enorme satisfação ver o reconhecimento de todo o trabalho que foi feito por esta direção nos últimos 12 anos. Só posso agradecer esta manifestação de carinho dos sócios, sobretudo num momento de pandemia, em que não é fácil as pessoas deslocarem-se para virem votar", disse António Silva Campos à Agência Lusa.

Para este novo mandato, o dirigente traçou com objetivos principais "a conclusão das obras do estádio, manter a equipa num patamar dos lugares europeus e aumentar o número de sócios", embora falando, também, no desejo de conquistar um troféu a nível nacional.

"É um desafio cada vez mais difícil, porque as equipas estão cada vez mais fortes, mas o nosso sonho é conquistar uma taça. Já estivemos nas finais e faltou-nos um pouco de sorte, mas penso que está ao nosso alcance. Tudo vamos fazer para a ganhar", prometeu o dirigente vila-condense.

António Silva Campos confessou que esteve "indeciso" se avançaria com esta recandidatura a um novo mandato, e não se comprometeu a continuar depois de cumprir os próximos três anos.

"Doze anos a liderar o clube é muito, mas senti coragem dos meus colegas de direção em cumprirmos o objetivo de terminar esta obra no estádio. Daqui a três anos logo veremos, mas, se conseguir concluir o que prometemos, serei um homem realizado", partilhou o líder do Rio Ave.

Apesar dos objetivos, António Silva Campos antevê um mandato com muitas dificuldades, vincadas pelas contingências da pandemia de covid-19.

"Sentimos a falta de receitas e que nesta fase é muito difícil fazer negócios com os nossos ativos. Ter saído nesta fase iria causar muitas dificuldades em que quisesse assumir o clube. Felizmente senti muito carinho dos sócios e simpatizantes para juntos superarmos o que aí vem", concluiu António Silva Campos.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho