Braga, quarta-feira

Arcos de Valdevez põe visitantes a fundar Portugal em 'puzzle' de grandes dimensões

Regional

24 Junho 2020

Redação

Os visitantes do Paço de Giela, Arcos de Valdevez, vão construir com 500 peças, como num puzzle, o Recontro de Valdevez, associado à fundação de Portugal, num painel que reproduz a obra de Jorge Colaço sobre aquele momento histórico.

Os visitantes do Paço de Giela, Arcos de Valdevez, vão construir com 500 peças, como num ‘puzzle’, o Recontro de Valdevez, associado à fundação de Portugal, num painel que reproduz a obra de Jorge Colaço sobre aquele momento histórico.

"No dia 02 de julho vai ser instalada, junto à torre do Paço de Giela, uma estrutura de dois metros de altura por seis metros de largura que reproduz o painel de azulejos sobre o Recontro de Valdevez existente na Estação de São Bento, no Porto, realizado no início do século XX pelo artista Jorge Colaço", explicou hoje à Lusa o chefe de Divisão de Desenvolvimento Sociocultural da Câmara de Arcos de Valdevez, Nuno Soares.

Em 1141, os exércitos de Afonso Henriques, que viria a ser o primeiro rei de Portugal, e os de seu primo Afonso VII, de Leão e Castela, encontraram-se no vale do Rio Vez, protagonizando um dos momentos mais importantes da fundação da nacionalidade, o Recontro de Valdevez.

Esta "espécie de contenda ou torneio medieval evitou uma batalha quase certa que deu uma importante vantagem aos portucalenses e às ambições autonomistas do seu jovem monarca".

Contactado pela Lusa a propósito de uma nota hoje enviada à imprensa sobre a iniciativa, Nuno Soares explicou que, a partir do dia 04 de julho, todos os visitantes do Paço de Giela, monumento nacional, "serão convidados a colocar uma das 500 peças em ‘pvc’, com 15 por 15 centímetros, todas numeradas, sobre a reprodução do icónico painel de azulejos, reconstruindo um dos três momentos históricos mais importantes associados à fundação da nacionalidade portuguesa".

"Numa das faces, a peça contém parte da reprodução da obra de Jorge Colaço que, quando afixada, através do íman de que dispõe, ajudará a completar a um verdadeiro ‘Pórtico do Tempo’, que ficará disponível durante todo o verão. Na outra face, a peça do ‘puzzle' tem a pintura completa", explicou.

A partir de setembro, referiu Nuno Soares, os visitantes que participaram na construção do painel "poderão levantar uma peça para ficar com uma recordação da iniciativa".

"Como dispõe do íman, pode, por exemplo, ser colocada na porta do frigorífico como recordação, ajudando a divulgar este momento importante da história do concelho e do país", especificou.

O painel "será colocado numa zona estratégica para que, se as pessoas quiserem fazer fotografias ou ‘selfies’, tenham sempre como cenário o Paço de Giela e a sua torre".

A iniciativa pretende assinalar a data daquele acontecimento histórico, já que a recriação histórica do Recontro de Valdevez, que a Câmara de Arcos de Valdevez realiza todos os anos no Paço de Giela, no primeiro fim de semana de julho, foi adiada para 2021, devido à pandemia de covid-19.

Nuno Soares adiantou que serão oferecidas aos visitantes cerca de mil máscaras de proteção individual, nas quais está impressa uma parte do painel alusivo ao Recontro de Valdevez.

No dia 02 de julho, será apresentada uma escultura em poliestireno, integralmente revestida a fibra de vidro de alta resistência, realizada pelo artista local Nuno Mokuna.

"É uma reprodução em tamanho real, com três metros de altura, da figura de Afonso Henriques e do seu cavalo, tal como estaria no dia do Recontro de Valdevez. Será a primeira peça de um futuro parque de figuras e elementos relacionados com o Recontro e com o século XII, e que todos os anos receberá uma nova criação de outras personagens com que iremos povoar o parque de Giela. Já está em elaboração a escultura do primo de Afonso Henriques, Afonso VII, de Leão e Castela", explicou.

Durante o evento será lançado o espumante Vez, "produzido especificamente com base na importância e significado do Recontro de Valdevez na história local e nacional", e numa parceria entre a Câmara de Arcos de Valdevez e a Adega Cooperativa de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho