Braga, sexta-feira

Arranque da vacinação por profissionais foi 'escolha pragmática'

Nacional

27 Dezembro 2020

Redação

A ministra da Saúde reiterou hoje, no Porto, que vacinar contra a covid-19 em primeiro lugar os profissionais de saúde foi uma escolha pragmática e que em janeiro arranca o programa de vacinação em estruturas para idosos.

A ministra da Saúde reiterou hoje, no Porto, que vacinar contra a covid-19 em primeiro lugar os profissionais de saúde foi uma “escolha pragmática” e que em janeiro arranca o programa de vacinação em estruturas para idosos.

“[Foi] uma escolha pragmática num momento que é apenas um primeiro momento de uma fase. Recebemos vacinas ontem [sábado] e vamos receber mais vacinas amanhã [segunda-feira] e vamos receber mais vacinas nas quatro semanas de janeiro. Estimamos que nessas semanas de janeiro passemos das vacinações a profissionais de saúde para as vacinações a estruturas residenciais para idosos”, disse Marta Temido.

A ministra da Saúde, que falava no Porto, onde hoje arrancou plano nacional de vacinação contra a covid-19 com o médico infecciologista António Sarmento, disse que quanto aos lares “o trabalho está avançado”, mas não se comprometeu com datas específicas.

“Em janeiro”, repetiu a governante, quando questionada pelos jornalistas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,7 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 6.556 em Portugal.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixa o teu comentário