Braga, terça-feira

Atual crise é tragédia humana e é preciso um poderoso plano para recuperar Europa - Centeno

Internacional

09 Maio 2020

Redação

O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, considerou hoje, no Twitter, que a atual crise provocada pela pandemia da covid-19 é uma tragédia humana e defendeu a necessidade de um "poderoso plano" para recuperar a Europa.

O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, considerou hoje, no Twitter, que a atual crise provocada pela pandemia da covid-19 é uma tragédia humana e defendeu a necessidade de um "poderoso plano" para recuperar a Europa.

Num vídeo colocado na rede social com o 'hashtag' "#EuropeDay2020 #StrongerTogether" a propósito da comemoração hoje do dia da Europa, Mário Centeno afirma que a atual crise é mais que um choque económico.

"Mais que um choque económico, vivemos uma tragédia humana e um desafio à nossa forma de vida", diz Centeno, adiantando que se pode chamar Marshall ao referido plano de recuperação económica, mas que desta vez este tem de ser financiado pela Europa e não por outros.

O plano Marshall foi um programa de ajuda económica dos Estados Unidos aos países da Europa Ocidental com o objetivo de os reconstruir depois da II Guerra Mundial.

Como muitas vezes no passado, a resposta para os problemas da Europa está na Europa, refere o ministro, adiantando que a solução para a crise vai definir os europeus e formatar a Europa nos próximos anos.

Citando Epicuro, o ministro português, que no vídeo aparece com a Praça do Comércio em Lisboa como pano de fundo, defende que não é o acontece a uma pessoa o que interessa, mas sim a forma como reage ao acontecimento.

O dia da Europa comemora-se em 09 de maio para festejar a paz e a unidade do continente europeu.

A data foi escolhida porque o estadista francês Robert Schuman avançou com a proposta de uma entidade europeia supranacional em 09 de maio de 1950.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho