Braga, quarta-feira

Barcelos investe 1,3 ME para converter antiga escola primária em escola superior

Regional

23 Fevereiro 2021

Redação

A Câmara de Barcelos adjudicou, por 1,3 milhões de euros, a requalificação do edifício da antiga Escola Gonçalo Pereira, que passará a acolher a Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA).

A Câmara de Barcelos adjudicou, por 1,3 milhões de euros, a requalificação do edifício da antiga Escola Gonçalo Pereira, que passará a acolher a Escola Superior de Design do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA).

Segundo um comunicado do município, a empreitada tem um prazo de execução de 365 dias.

Construído nos anos 30 do século XX, na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, o edifício, constituído por subcave, rés-do-chão e primeiro andar, “apresenta-se em bom estado de conservação”.

“No entanto, por forma a melhor se adaptar às necessidades educativas de estudantes e professores de Design, serão adaptados e criados novos espaços”, refere o comunicado.

Na subcave ficarão localizados quatro espaços de oficinas, uma sala de arquivo e duas zonas técnicas.

Na ala oeste irá manter-se o acesso ao exterior de forma a garantir uma área de cargas e descargas.

Quanto ao rés do chão, ficará reservado para os acessos principais ao edifício, com espaço para serviços administrativos, sala de reuniões, gabinetes, uma sala multiúsos, uma copa de apoio, bar e cantina.

Já no piso um, além das salas, serão criadas áreas expositivas, com destaque para uma parede que será substituída por um vidro, “duplicando a profundidade do hall e atribuindo ao espaço um caráter inovador e arrojado, perfeitamente enquadrado com a Escola Superior de Design”.

A empreitada terá também em conta a necessidade e importância em conservar a imagem pública e coletiva do edifício, procurando manter a traça original do edificado, nomeadamente com a recuperação da claraboia existente, da fachada, dos vãos e do desenho antigo da porta principal.

A antiga escola primária foi cedida ao IPCA pela Câmara de Barcelos, em regime de comodato, por 30 anos, automaticamente renováveis.

Criada em junho de 2015, a Escola Superior de Design funciona no campus do IPCA.

Deixa o teu comentário