Braga, quarta-feira

Braga com 12 óbitos e 752 novos casos numa semana

Regional

12 Dezembro 2020

Redação

Concelho de Braga registava ontem 122 óbitos, mais 12 do que no mesmo dia da semana passada. Casos activos são agora 1051.

O concelho de Braga registou ontem mais 110 casos de Covid--19, contando agora 8816 casos confirmados desde o início da pandemia. Em comparação com o mesmo dia da semana passada, há mais 752 infectados.


Ontem não houve registo de óbitos, mantendo-se os 122 registados até quinta-feira. Em comparação com a sexta-feira da semana passada, o concelho regista mais 12 mortes associadas à infecção por Sars-CoV-2.


Quanto ao número de recuperados, subiu ontem para 7643, mais 145 do que no dia anterior.

 Contas feitas, ontem havia 1051 casos activos, confirmando-se a tendência de decréscimo verificada sensivelmente desde o início deste mês.


Em vigilância activa estavam ontem 1679 pessoas, mais 12 do que na quinta-feira.


Estes são os dados transmitidos pela autoridade de saúde local ao Município de Braga, que acompanha em permanência a evolução da situação epidemiológica no concelho.
 

 A expectativa da autarquia é que o Braga desça um patamar na lista dos concelhos de risco que quinzenalmente é divulgada pelo Governo. A lista vai ser actualizada no próximo dia 18, sexta-feira.
 

Detectado surto com 45 infectados no lar da Misericórdia em Vila Verde
 

A Estrutura Residencial Para Idosos (ERPI) de Vila Verde da Santa Casa da Misericórdia local tem 35 utentes e 10 colaboradores infectados com o novo coronavírus. A revelação sobre a existência deste surto é feita pela própria instituição na sua página de Facebook.


Segundo o comunicado divulgados ontem nas redes sociais, o contágio “foi externo através da admissão de um utente, dialisado, que faz várias saídas para a hemodiálise e que testaria positivo mais tarde à Covid-19 após internamento em hospital externo”.

 Segundo a mesma fonte, “mais tarde outros utentes começaram a desenvolver sintomatologia associada à Covid-19 e toda a equipa e utentes já foram testados logo após o conhecimento do primeiro caso positivo, a 1 de Dezembro”.


Os doentes estão a ser acompanhados por uma equipa especializada da Santa Casa de Vila Verde numa ala criada na instituição, “com todo o apoio de saúde necessário para a sua recuperação e não há mortalidade a registar estando a situação a evoluir favoravelmente”, garante a Misericórdia.


É ainda sublinhado que as restantes unidades da Santa Casa da Misericórdia “estão a trabalhar em pleno”, nomeadamente “o Hospital está a trabalhar a 100%”.

Deixa o teu comentário