Braga, quarta-feira

Braga já tem 1024 recuperados em 1372 casos de Covid-19

Regional

09 Junho 2020

Redação

Ricardo Rio considera que o concelho está extremamente estável no que respeita à evolução da pandemia e revela estatísticas mais recentes: de 1372 casos confirmados, dos quais 1024 recuperados.

São já mais de mil os recuperados da Covid-19 no concelho, não se registando há vários dias óbitos relacionados com infecção pelo novo coronavírus. Os dados mais recentes mostram que, desde o início da pandemia, Braga regista um total de 1372 casos positivos de Covid-19, dos quais 1024 já estão recuperados, havendo 73 óbitos a lamentar.

A situação epidemiológica de Braga mostra-se “extremamente estável” ao contrário do que sugerem os dados que vão sendo divulgados pela Direcção Geral de Saúde (DGS). “Temos registados novos casos, entre um a três por dia, portanto muito longe daquilo que, de vez em quando, é divulgado pela DGS”, explica Ricardo Rio.

O presidente da Câmara de Braga, que desde o início da pandemia tem denunciado o “atraso” na divulgação das estatísticas pela DGS, aponta que essa situação é agora particularmente visível.

“Quando são atribuídos de um dia para o outro mais 20 ou 30 novos casos de uma vez a Braga, essa não é a realidade. Trata-se de uma recuperação de dados que vão sendo actualizados pela DGS”, explica, vincando que, “na realidade, a evolução da Covid-19 tem sido muito, muito limitada no nosso concelho”, com apenas “um, dois ou três novos casos diários”.

Para se perceber a discrepância entre os dados que a DGS divulga e aqueles a que a autarquia tem acesso, através da autoridade local de saúde, basta olhar para o dia de ontem. No boletim epidemiológico da DGS, o concelho de Braga surge referenciado com 1256, menos 116 do que os casos confirmados até à última sexta-feira.

Com a situação pandémica a estabilizar, começam também a ser redefinidas as respostas montadas no terreno para a situação.

O centro de rastreio à Covid-19 vai ainda manter-se activo no parque de estacionamento do Altice Forum Braga, no entanto foi relocalizado.

“O Forum Braga está a retomar a actividade e por isso houve necessidade de relocalizar o centro de rastreio”, explica Ricardo Rio, em declarações ao ‘Correio, do Minho’, referindo que neste momento o centro está apenas a prestar serviço à comunidade, embora tenha estado bastante activo nas últimas semanas com a realização dos testes de rastreio aos colaboradores dos jardins de infância e das respostas de apoio à família.

Hospital de retaguarda no Sameiro teve pouca procura

A resposta hospitalar de retaguarda para doentes com Covid-19 montada no Hotel João Paulo II, no Sameiro, deverá manter-se até ao fim do mês, devendo ser desactivada nessa altura se a situação se mantiver como actualmente.

Esta resposta de âmbito distrital, com 210 camas preparadas, teve muito pouca procura, tendo acolhido apenas meia dúzia de pessoas, entre as quais dois casos positivos detectados no Centro de Emergência de Braga, criado para enfrentar a fase mais crítica de pandemia da Covid-19, coordenado pela Cruz Vermelha Portuguesa, no pavilhão da Escola EB 2,3 de Nogueira.

Esta resposta chegou a acolher 20 pessoas, mas neste momento tem apenas oito.

Centro de Juventude com mil dormidas

O Centro de Juventude de Braga assegurou cerca de 1000 dormidas a profissionais de saúde, que estão na linha da frente na luta contra a Covid-19. Esta acabou ser uma das respostas mais utilizadas no contexto do combate à pandemia. O edil explica que se mantém a disponibilidade para acolher profissionais, embora conjugada com as reservas deste equipamento que já retomou a actividade normal.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho