Braga, segunda-feira

´Braga Promenade´ traz ao Theatro Circo ´intérpretes de excelência´ da música clássica

Regional

16 Janeiro 2020

Redação

Decorreu hoje, dia 16 de Janeiro, a apresentação do programa musical Braga Promenade. Composto pela apresentação de alguns dos mais relevantes artistas do actual panorama musical nacional e internacional, o Braga Promenade decorrerá no Theatro Circo e inicia este Sábado, 18 de Janeiro, com a apresentação no palco principal da Orquestra Filarmónica Portuguesa com o Coro de Berlim.

Decorreu hoje, dia 16 de Janeiro, a apresentação do programa musical ‘Braga Promenade’. Composto pela apresentação de alguns dos mais relevantes artistas do actual panorama musical nacional e internacional, o ‘Braga Promenade’ decorrerá no Theatro Circo e inicia este Sábado, 18 de Janeiro, com a apresentação no palco principal da Orquestra Filarmónica Portuguesa com o Coro de Berlim.

O programa prolonga-se por mais dois concertos que terão lugar nos dias 26 de Janeiro (Recital de piano de Yulianna Avdeeva) e 2 de Fevereiro (Orquestra Filarmónica Portuguesa & Ray Chen).

Este evento, que surge do trabalho conjunto realizado entre o Município, o Theatro Circo e o maestro Osvaldo Ferreira, tem por objectivo o posicionamento de Braga como uma Cidade de referência da cultura europeia, promovendo e incrementando o diálogo intercultural e atraindo públicos de todo o país e, em particular, da região do Norte de Portugal e do Norte de Espanha.

Segundo Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, esta é uma ´aposta pertinente´ uma vez que em Braga a música clássica tem público interessado, uma base formativa muito consolidada e tem gerado diversos talentos. “É importante dar corpo a um evento que projecta a cidade como palco de artistas com tanto reconhecimento internacional. A resposta do público, que praticamente já esgotou os três espectáculos, corrobora o acerto da nossa opção”, afirmou, deixando a garantia de que o ´Braga Promenade´ vai voltar em 2021 com ainda mais força e uma maior capacidade de interacção com outros agentes culturais da cidade e de envolvência em contexto de espaço público.

Por seu turno, Lídia Dias, vereadora da Cultura, salientou que a iniciativa traz a Braga ´intérpretes de excelência´. “É um bom prenúncio começar desta forma o ano em que somos Capital da Cultura do Eixo Atlântico. Estes concertos ajudam a que Braga se afirma cada vez mais como uma cidade cosmopolita e com uma oferta cultural bastante diversificada”, disse.

Deixa o teu comentário