Braga, sexta-feira

Câmara de Guimarães investe na literacia dos alunos para prevenir sida

Regional

28 Julho 2020

Redação

A Câmara de Guimarães vai alargar a mais duas comunidades escolares um projeto de prevenção da infeção pelo VIH, hepatites virais e outras infeções sexualmente transmissíveis, anunciou hoje o município.

A Câmara de Guimarães vai alargar a mais duas comunidades escolares um projeto de prevenção da infeção pelo VIH, hepatites virais e outras infeções sexualmente transmissíveis, anunciou hoje o município.

O projeto, que já está a ser implementado nos agrupamentos de escolas Santos Simões e João de Meira, será alargado, no próximo ano letivo, ao agrupamento Francisco de Holanda e à Secundária Martins Sarmento.

O alargamento decorrerá ao abrigo de um protocolo hoje assinado entre a Câmara de Guimarães e a Fundação Portuguesa A Comunidade contra a Sida.

Este protocolo visa desenvolver ações de informação e educação para a prevenção da infeção pelo VIH, hepatites virais e outras infeções sexualmente transmissíveis, contando com a participação de alunos da Universidade do Minho.

“O município de Guimarães tenta dar às escolas aquilo que, por razões várias, pensamos que faz falta para a educação dos nossos jovens. A área da sida não é um problema resolvido e precisamos muito de transmitir essa mensagem”, refere a vice-presidente da Câmara de Guimarães.

Citada num comunicado municipal, Adelina Pinto sublinhou o envolvimento no projeto de estudantes universitários, “jovens mais próximos dos nossos alunos, que mais facilmente identificam os seus problemas e as formas de o resolver.

Segundo a autarca, fica ainda garantido o “apoio pontual” a outras escolas do concelho, no sentido de aprofundar a “literacia da saúde”.

Além de colaborar na informação e educação preventiva da infeção pelo VIH e no aconselhamento psicossocial, este protocolo visa ainda fomentar a mobilização da sociedade portuguesa na luta contra a SIDA e incentivar a investigação científica na área médica e psicossocial.

Este é um projeto a nível nacional, com centros de aconselhamento em Lisboa, Porto, Coimbra, Funchal, Vila do Conde e Guimarães.

Neste último concelho, o projeto estende-se também ao estabelecimento prisional.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho