Braga, quarta-feira

Câmara de Guimarães suporta aumento da taxa de resíduos e poupa consumidores

Regional

23 Fevereiro 2021

Redação

A Câmara de Guimarães vai assumir, a expensas próprias, os aumentos aplicados pelo Governo à taxa de gestão de resíduos em 2021, poupando assim mais de meio milhão de euros aos consumidores, foi hoje anunciado.

A Câmara de Guimarães vai assumir, a expensas próprias, os aumentos aplicados pelo Governo à taxa de gestão de resíduos em 2021, poupando assim mais de meio milhão de euros aos consumidores, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Câmara sublinha que, desta forma, vai manter a taxa, “considerando que a situação de pandemia provocou uma substancial degradação da situação económica de muitas famílias e da generalidade das empresas”.

Para a Câmara de Guimarães, a manutenção da taxa constitui “mais uma medida de apoio municipal” aos consumidores.

O Governo introduziu aumentos na taxa de gestão de resíduos, que passou de 11 euros para 22 euros a tonelada.

Segundo o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, o município assumiu os aumentos dos encargos na taxa “no âmbito de um quadro de medidas que têm sido implementadas, essencialmente de âmbito de social e de apoio às famílias vimaranenses”.

O aumento da taxa anunciado pelo Governo visa contribuir para desencorajar as opções de deposição final em aterro, ao mesmo tempo que pretende incentivar a redução da produção de resíduos e a separação e reciclagem de materiais.

Deixa o teu comentário