Braga, segunda-feira

Câmara quer Laranja de Amares como património vegetal de interesse municipal

Regional

11 Janeiro 2021

Redação

A câmara de Amares aprovou a classificação da laranja como património vegetal de interesse municipal para "proteger" aquele produto, destacando que é "um dos símbolos distintivos" do concelho, anunciou hoje a autarquia.

A câmara de Amares aprovou a classificação da laranja como património vegetal de interesse municipal para "proteger" aquele produto, destacando que é "um dos símbolos distintivos" do concelho, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado enviado à Lusa, aquela autarquia do distrito de Braga refere que a proposta de classificar a Laranja de Amares como património vegetal de interesse municipal aguarda a apresentação da proposta à Assembleia municipal.

Segundo refere no texto o vereador da Cultura, Isidro Araújo, "a Laranja de Amares é hoje uma marca muito especial para o concelho".

"Enquanto elemento vegetal, é mesmo um dos símbolos distintivos do nosso brasão", sendo objetivo da autarquia "proteger esta marca tão forte" do concelho.

Segundo o vereador "o reconhecimento das fruteiras regionais como património vegetal de interesse público é de grande importância não só para um desenvolvimento regional assente em produtos tradicionais, como também para a sua proteção".

A autarquia saliente que "a laranja de Amares, apesar de não ter um aspeto tão atrativo como as demais, é hoje conhecida e renomeada em todo o país pela sua qualidade e como um fruto específico dada as suas características como fruto sazonal".

Deixa o teu comentário