Braga, quarta-feira

Candidato da CDU a Vila Verde quer "fixar jovens" no concelho

Regional

19 Julho 2021

Lusa

O candidato da CDU à Câmara de Vila Verde, Nuno Guerra, é um dos mais jovens do país" e tem como prioridade "criar políticas" que promovam a "fixação de jovens" naquele concelho do distrito de Braga.

Em declarações à Lusa, o candidato, de 26 anos, gestor de matéria e clientes numa multinacional ligada à moda, deu conta da "ambição de ser o primeiro eleito à câmara" pela coligação que junta o PCP e Os Verdes. 
 

Questionado sobre prioridades para Vila Verde, Nuno Guerra apontou a necessidade de políticas vocacionadas para os mais jovens, a falta de saneamento e a falta de transportes públicos no concelho. 
 

"Vila Verde não é um concelho atrativo para os mais jovens. Não há saídas profissionais. É um concelho dormitório porque os vilaverdenses acabam por ter que ir para concelhos vizinhos trabalhar", explicou. 
 

Nuno Guerra quer "desenvolver medidas que ajudem a criar postos de trabalho em Vila Verde e dessa forma contribuir para a fixação de jovens no concelho". 
 

Quanto ao saneamento, o candidato da CDU destacou "haver ainda vários pontos de Vila Verde sem acesso a saneamento" o que, disse, "não ser aceitável em pleno século XXI". 
 

A falta de oferta de transportes públicos é outra questão a que a CDU promete dar “especial atenção". 
 

"A rede de transportes das freguesias mais distantes para o centro da vila é deficitária, não responde às necessidades dos habitantes daquelas áreas. Esta questão tem que ser resolvida", salientou. 
 

Em 2017, o PSD ganhou as eleições autárquicas em Vila Verde com 51,97%, elegendo quatro vereadores, o PS arrecadou 35,52%, ficando com três vereadores. O CDS-PP e a CDU, que não elegeram mandatos, obtiveram 5,67% e 2,51%, respetivamente.
 

Nas eleições marcadas para 26 de setembro concorrem à Câmara Municipal de Vila Verde António Gomes (PS), Júlia Ferreira (PSD), Cláudia Pereira (CDS-PP), Nuno Guerra (CDU) e Fernando Silva (Chega).

Deixa o teu comentário