Braga, quarta-feira

Canoístas João Ribeiro e Messias Baptista sétimos nos Europeus em K2 500

Desporto

06 Junho 2021

Lusa

Os canoístas João Ribeiro e Messias Baptista levaram hoje o K2 500 português ao sétimo lugar dos Europeus da Polónia, enquanto David Varela foi 17.º no K1 200 em Poznan.

Os canoístas João Ribeiro e Messias Baptista levaram hoje o K2 500 português ao sétimo lugar dos Europeus da Polónia, enquanto David Varela foi 17.º no K1 200 em Poznan.

Estas tripulações, que não estavam previstas antes dos Europeus, mas foram criadas ou reajustadas devido à crise renal que manteve o olímpico Emanuel Silva internado vários dias e impediu a participação do K4 500, não conseguiram aumentar o medalheiro de Portugal, até agora fixado em três pódios, um dos quais na canoagem adaptada.

Com uma má largada, João e Messias não conseguiram recuperar para o grupo da frente, pagando esse esforço no final da regata, caindo para o sétimo lugar, com 1.32,048 minutos, a 1,714 segundos do ouro da dupla da Bielorrússia, que bateu a Ucrânia por 767 milésimos de segundo e a Alemanha por 881.

Esta tripulação estava prevista inicialmente ser composta por Emanuel Silva e Messias Baptista, mas o problema de saúde do canoísta bracarense levou João para nova prova, depois de ter sido vice-campeão da Europa em K1 500.

O maior dano tem mesmo a ver com o facto do K4 500, que vai competir em Tóquio2020, não ter podido fazer o seu derradeiro exame internacional.

Há muito sem treinar os 200 metros, David Varela acabou em 17.º da geral, com 37,229 segundos, a 1,207 do georgiano Badri Kavelashvili, que ganhou a final B.

Às 13:08 (em Lisboa), Fernando Pimenta, que ainda não falhou um pódio neste ciclo olímpico, encerra o desempenho luso na Polónia, com a participação em K1 5.000.

Nestes Europeus de Poznan, Pimenta foi vice-campeão em K1 1.000, João Ribeiro o mesmo em K1 500, enquanto Norberto Mourão, qualificado para os Jogos Paralímpicos, conseguiu inédito título europeu em VL2.

Deixa o teu comentário