Braga, quinta-feira

Carlos Carvalhal diz que Sporting tem "debilidades, mas mais pontos fortes"

Desporto

24 Abril 2021

Lusa

O treinador Carlos Carvalhal disse hoje que o Sporting "tem debilidades, como todas as equipas", mas tem "muitos mais pontos fortes", frisando a ambição do Sporting Clube de Braga vencer, domingo, na 29.ª jornada da I Liga de futebol.

O treinador Carlos Carvalhal disse hoje que o Sporting "tem debilidades, como todas as equipas", mas tem "muitos mais pontos fortes", frisando a ambição do Sporting Clube de Braga vencer, domingo, na 29.ª jornada da I Liga de futebol.

Os minhotos recebem os líderes do campeonato depois do regresso às vitórias, na última jornada (2-1 ao Boavista), e o técnico disse querer ver a sua equipa "dar sequência" à exibição e à vitória.

"Queremos melhorar, porque podemos sempre melhorar, ser uma equipa competente, com personalidade, que respeita os adversários. Vamos para ganhar ao adversário mais difícil do campeonato, que ainda não perdeu e está em primeiro lugar", disse.

Carlos Carvalhal garantiu um Sporting Clube de Braga a jogar "olhos nos olhos" com o Sporting, equipa que "tem debilidades, como todas, mas tem muitos mais pontos fortes, como é apanágio das equipas mais fortes".

O treinador considera que o Sporting é uma equipa que "vale muito em termos ofensivos e defensivamente também é muito competente" e que o Sporting Clube de Braga terá que "trabalhar muito, correr muito e jogar bem".

Carvalhal notou ainda que são equipas com "identidades muito marcadas e que se conhecem bem" e, sobre a forma de jogar do Sporting, notou que as "dinâmicas dependem muito das características dos jogadores".

"O Sporting tem apostado maioritariamente num sistema, com a variante da inclusão de uma mais um médio. Uma coisa é jogarem com o Paulinho, o Tiago Tomás e o Nuno Santos, outra, é com o Pote [Pedro Gonçalves] e o Daniel Bragança, com o Jovane também. Estamos preparados para os dois cenários", disse.

O treinador lembrou os jogos realizados esta época entre as duas equipas, ambos vencidos pelo Sporting [2-0 para o campeonato, em Alvalade, e 1-0 na final da Taça da Liga, em Leiria, ambos em janeiro].

"Foram dois jogos diferentes, mas em que dividimos o jogo. Penderam para o Sporting, como podiam ter pendido para o Braga. Acima de tudo, foram dois jogos muito equilibrados e amanhã [domingo] espero também um jogo dividido", disse.

O técnico adiantou que Al Musrati, que ficou de fora do jogo com os boavisteiros por não estar nas melhores condições físicas dado estar a cumprir o Ramadão, pode ser opção diante dos ‘leões' porque a hora do jogo assim o permite, e deixou dúvidas sobre a utilização de Gaitán no ‘onze'.

"O Al Musrati é uma opção muito mais válida que na semana passada, em que entendemos que era melhor nem contar com ele. Está convocado e disponível, jogar de início ou não será opção nossa. O Gaitán fez um grande jogo [com o Boavista], mas fiquei com a sensação de que me estiquei um bocado porque o devia ter tirado mais cedo, mas o entusiasmo do jogo levou a isso", disse.

O técnico não quis analisar a quebra do Sporting nos últimos jogos - "é uma pergunta para o treinador do Sporting” - e disse que a maior motivação dos bracarenses, mais do que infligir a primeira derrota aos ‘leões' na I Liga esta época, é ultrapassar a pontuação obtida na época passada – faltam dois para os 60 pontos de 2019/20, que valeram o terceiro lugar, à frente dos ‘leões’.

Carlos Carvalhal considera que o Sporting de Braga recuperou da quebra que se fez notar em alguns jogos, sobretudo no empate caseiro com o Belenenses SAD (1-1), destacando a subida de forma de alguns jogadores com grande influência na equipa.

"Já notei isso no último jogo. Alguns jogadores recuperaram algum fulgor, mas entendo que ainda podem fazer mais. Houve uma mudança radical em dois ou três jogadores que são muito importantes na nossa dinâmica. Os jogos caíram muito neles em função das lesões que tivemos, ‘acordaram' com o Rio Ave e ‘ressuscitaram" no último jogo. Temos homens, temos equipa", disse.

O avançado esloveno Sporar, emprestado pelo Sporting, é baixa certa nos minhotos, tal como os lesionados David Carmo, Moura e Iuri Medeiros.

O treinador não quis também responder à hipótese avançada na sexta-feira pelo presidente ‘arsenalista’, António Salvador, de o Sporting Clube de Braga regressar a um remodelado Estádio 1.º de Maio, remetendo uma opinião para mais tarde.

Sporting Clube de Braga, quarto classificado, com 58 pontos, e Sporting, primeiro, com 70, defrontam-se a partir das 20:00 de domingo, no Estádio Municipal de Braga, num jogo que será arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Deixa o teu comentário