Braga, quarta-feira

Casa das Artes de Famalicão celebra hoje 20 anos

Regional

01 Junho 2021

Redação

A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão cumpre hoje, dia 1 de junho, 20 anos de existência.

A Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão cumpre hoje, dia 1 de junho, 20 anos de existência. No dia de aniversário, com um programa exíguo e atípico ditado pelas contingências da pandemia, o presidente da Câmara Municipal, Paulo Cunha, não quis deixar de marcar presença no teatro municipal e de deixar a sua mensagem no "mural" que assinala a efeméride.

Acompanhado pelo vereador da Cultura, Leonel Rocha, e pelo diretor artístico da Casa das Artes, Álvaro Santos, o edil saudou as várias dezenas de crianças que esgotaram o grande auditório do teatro municipal para assistirem à peça Pinóquio, encenada pela Jangada Teatro.

O aniversário foi tema de destaque na manhã informativa da TSF, com vários diretos com intervenções do presidente da Câmara, do vereador da Cultura, do diretor da Casa das Artes e do encenador da peça Pinóquio, Xico Alves.

A Casa das Artes embelezou-se para acolher as crianças no dia do seu aniversário que é, simultaneamente, o Dia Mundial da Criança.

A população é convidada a deixar uma mensagem à Casa das Artes no mural colocado à porta do teatro municipal e a tirar uma fotografia ou selfie enquadrada com uma moldura alusiva aos 20 anos e a partilhar nas redes sociais.

Para além destas iniciativas, no Facebook (www.facebook.com/CasadasArtesVNFamalicao) e no Instagram (www.instagram.com/casadasartesdefamalicao) do espaço cultural famalicense inicia-se um concurso aberto a todos os interessados que, ao longo de vários dias, vão ter de responder acertadamente a perguntas sobre a programação da Casa das Artes.

A programação especial de aniversário continua, na sexta-feira, dia 4 de junho, às 20h30, com o Concerto Piano e Orquestra, com o mais internacional pianista famalicense, Luís Miguel Magalhães, e com o maestro Fernando Marinho a dirigir a Orquestra do Norte. O programa integra "A Consagração da Casa", Op. 124 - L. van Beethoven (Abertura); e Concerto para Piano (No. 6) em Ré Maior, Op. 61a - L. van Beethoven I - Allegro ma non troppo II - Larghetto III - Rondo: Allegro.

No sábado, dia 5 de junho, às 20h30, atuam em concerto os Clã, de Manuela Azevedo e companhia, com o repertório centrado no último trabalho discográfico "Véspera".

Nos dias 10, 11 e 12 de junho, às 20h30, estreia "Despe-te [Isabel]" de Ella Hickson, numa criação Ensemble - Sociedade de Atores, em coprodução com a Casa das Artes de Famalicão e sob a direção artística de Pedro Galiza.

Em 17 e 18 de junho, às 20h30, numa encenação de Manuel Tur em coprodução com a Casa das Artes de Famalicão, estreia "Escola de Mulheres" de Molière.

"Maria, a Mãe" de Elmano Sancho sobe a palco no dia 16 de junho, às 20h30, com interpretação de Custódia Gallego, Elmano Sancho, João Gaspar e Lucília Raimundo, numa coprodução do Teatro da Trindade, Casa das Artes de Famalicão e Loup Solitaire.

Ainda enquadrado com o aniversário dos 20 anos da Casa das Artes – e para além de outras iniciativas – surge a proposta cinematográfica com "Nomadland – Sobreviver na América" de Chloé Zhao, no dia 19 de junho, às 20h30.

Deixa o teu comentário