Braga, sábado

Centenas desfilam do Rossio ao Terreiro do Paço para exigir melhores salários

Nacional

26 Setembro 2020

Redação

Centenas de manifestantes saíram hoje do Rossio em direção ao Terreiro do Paço, com a líder da CGTP intersindical, Isabel Camarinha, a liderar o cortejo que pede melhores salários e o aumento do salário mínimo.

Centenas de manifestantes saíram hoje do Rossio em direção ao Terreiro do Paço, com a líder da CGTP – intersindical, Isabel Camarinha, a liderar o cortejo que pede melhores salários e o aumento do salário mínimo.

Palavras de ordem contra a precariedade e os baixos salários marcaram o arranque do desfile, que saiu da praça do Rossio, em Lisboa, já depois das 15:00, sob o lema “Aumentar os salários! Desenvolver o país”.

Na resolução da CGTP hoje distribuída, a intersindical reafirma a exigência de um aumento geral dos salários em 90 euros para todos os trabalhadores e de um aumento do salário mínimo nacional para os 850 euros “a curto prazo”, entre outras melhorias de condições laborais.

O aumento do salário mínimo está no centro do debate político, sendo um dos relevantes nas negociações do próximo Orçamento do Estado, que o Governo quer ver aprovado no parlamento com o apoio da esquerda parlamentar.

O ministro das Finanças disse recentemente que o aumento do salário mínimo deve ter expressão significativa, sem, no entanto, referir valores.

O líder do PSD, Rui Rio, questionou recentemente a oportunidade de aumentar o salário mínimo, numa altura de crise no país provocada pela pandemia de covid-19, afirmando que esse aumento contribuiria para um aumento do desemprego.

A CGTP-IN convocou para hoje duas concentrações em Lisboa, uma no Cais do Sodré, outra no Rossio, com ambas a partirem em desfile e a confluírem para o Terreiro do Paço, onde Isabel Camarinha fará uma intervenção de encerramento da ação de luta.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho