Braga, sexta-feira

Cidade australiana de Brisbane recebe Jogos Olímpicos de 2032

Internacional

21 Julho 2021

Lusa

A cidade australiana de Brisbane vai organizar os Jogos Olímpicos de Verão de 2032, de acordo com a decisão tomada hoje pelo Comité Olímpico Internacional (COI), reunido em Tóquio, no Japão.

Brisbane, que era a única candidatura para receber o evento em 2032, sucederá a Paris, sede dos Jogos Olímpicos de 2024, e à cidade norte-americana de Los Angeles, em 2028, na lista de organizadores do maior evento desportivo mundial.
 

A decisão foi tomada e anunciada hoje, a dois dias da realização da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para este ano devido à pandemia de covid-19.
 

Único candidato e recomendado como a melhor opção pelo executivo do COI, o projeto de Brisbane convenceu quase todos os eleitores, tendo sido escolhido com 72 votos a favor, cinco contra e três abstenções, segundo uma nota divulgada após o anúncio.
 

O voto contrário teria forçado a reabertura do processo de diálogo com outras cidades interessadas, mas a assembleia confiou, uma vez mais, na recomendação do seu executivo e na proposta australiana de promover Jogos económicos, sustentáveis e seguros.
 

A escolha sem concorrência pode surpreender, já que a votação entre as cidades candidatas marcou décadas da vida olímpica, com as habituais manobras de bastidores e lóbis, antes da cerimonial abertura do envelope com a cidade escolhida.
 

Mas a reforma adotada em junho de 2019 permite ao COI iniciar a qualquer momento um diálogo com o candidato preferencial, com o objetivo de auxiliar na organização, reduzir custos e lançar bases para a construção das instalações das cidades-sede.
 

O projeto de Brisbane, auxiliado pela influência do vice-presidente australiano do COI, John Coates, beneficiou dessa situação privilegiada desde fevereiro.
 

Em junho, o presidente do COI, Thomas Bach, elogiou o “histórico irresistível” dos australianos nos Jogos Olímpicos e o seu amor pelo desporto.
 

A Austrália, que participou em todas as edições dos Jogos Olímpicos de Verão, é “uma enorme ‘cidade olímpica’”, com as suas múltiplas origens étnicas e cerca de 300 idiomas falados, disse o primeiro-ministro Scott Morrison, por videoconferência.
 

Brisbane, capital de Queensland, já foi candidata a organizar os Jogos Olímpicos de 1992, atribuídos a Barcelona (Espanha), e esteve envolvida em 2018 na realização dos Jogos da Commonwealth.
 

A escolha de Brisbane desiludiu as expectativas do Qatar, que também queria sediar os Jogos de 2032, tal como Seul (Coreia do Sul) e Pyongyang (Coreia do Norte), que formalizaram a candidatura conjunta em abril e foram todas preteridas pelo COI durante o processo de seleção.
 

Esta é a terceira vez na história que a Austrália sediará os Jogos Olímpicos de Verão, depois de Melbourne, em 1956, e Sydney, em 2000.
 

Os Jogos serão inaugurados dentro de 11 anos, na mesma data de Tóquio2020, em 23 de julho, de modo que o relógio regressivo que apareceu no site do COI, assim que o local foi escolhido, indica que faltam 4.021 dias para Brisbane2032.

Deixa o teu comentário