Braga,

Coid-19: Portugal com 265 surtos ativos e estimativa de aumento nos próximos dias

Nacional

18 Setembro 2020

Lusa

Portugal regista 265 surtos ativos de covid-19, maioritariamente concentrados no Norte (127) e na Região de Lisboa e Vale do Tejo (78), esperando-se um aumento de casos nos próximos dias, disse hoje a ministra da Saúde, Marta Temido.

Há ainda 26 surtos no centro do país, 21 no Algarve e 13 no Alentejo.
 

Considera-se surto quando há mais de dois casos com ligação epidemiológica detetada.
 

O Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge estima um aumento previsível de novos casos nos próximos dias, indicou a ministra.
 

Marta Temido afirmou que no dia 16 de setembro (quarta-feira) se atingiu “um novo recorde” no número de testes realizados desde o início da pandemia, com 23.289 testes, dos quais 4,6% foram positivos.
 

“Estamos numa situação em que a rede do Serviço Nacional de Saúde continua a responder”, assegurou a governante, acrescentado que as autoridades continuam a apostar na identificação precoce dos casos e na quebra de cadeias de transmissão.
 

“O objetivo continua a ser controlar a doença sem fechar. A vida é muito mais complexa do que apenas fechar ou confinar, essa é uma das lições que todos aprendemos”, declarou.
 

“Está nas mãos de cada um de nós controlar a doença, nenhuma medida isolada, por si só, é suficiente para controlar a doença”, advertiu Marta Temido, na sequência das declarações do primeiro-ministro, António Costa, feitas pouco antes da habitual conferência de imprensa para atualizar a informação relativa à pandemia de covid-19 em Portugal.
 

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortes e mais de 30,2 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
 

Em Portugal, morreram 1.894 pessoas dos 67.176 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho