Braga, sábado

Começa agora uma 'pequena revoluçã' digital no comércio local de Braga

Regional

17 Fevereiro 2021

Patricia Sousa

Já está disponível o projecto Comprar@Braga. A iniciativa é promovida pelo Município de Braga, InvestBraga e Associação Comercial de Braga (ACB) em parceria com os CTT e vai permitir ao comércio local digitalizar-se.

Porque a digitalização do comércio “é um dos maiores desafios que o sector enfrenta”, o comércio tradicional de Braga tem agora a possibilidade de se digitalizar, através do projecto Comprar@Braga.
“Uma solução ganhadora e que vem ajudar a fazer uma pequena revolução digital no comércio local”, aplaudiu ontem o director-geral da Associação Comercial de Braga (ACB), Rui Marques, durante a apresentação da nova ferramenta, esperando uma “boa adesão” dos comerciantes.

A digitalização dos negócios tradicionais dá o mote para o projecto que junta a Câmara Municipal de Braga, a InvestBraga, a Associação Comercial de Braga (ACB) e os CTT.

Pensado para aproximar o comércio local que, actualmente, se encontra encerrado ou a funcionar com horários limitados, o projecto Comprar@Braga permitirá aos comerciantes locais criarem as suas lojas on-line, através da aplicação CTT Comércio Local, e desenvolverem um fluxo de distribuição “ágil e próximo” do consumidor.

“Em Portugal, mais de 50% das micro-empresas ou pequenos negócios não têm ainda qualquer presença on-line, as empresas têm equipas bastante curtas e poucas competências digitais pela falta de capacidade de investimento”, constatou Rui Marques, acreditando que “a adesão a esta ferramenta é uma mais-valia que não vai apagar as grandes dificuldades que se vivem, mas faz parte da solução”.

Esta nova ferramenta é, ainda nas palavras do director-geral da ACB, “simples, intuitiva e fiável, sendo que a solução assenta na entrega com cobertura nacional (no dia ou no dia seguinte) tendo ainda a possibilidade de take-away”. Esta nova modalidade é “verdadeiramente inclusiva e abarca praticamente todo o tipo de produtos e serviços”.

Rui Marques evidenciou ainda que “no actual contexto de pandemia, em que a esmagadora maioria dos estabelecimentos comerciais estão encerrados, esta solução de comércio electrónico é uma excelente alternativa para captar clientes, efectuar vendas e conquistar novos mercados”.

Já João Sousa, administrador executivo dos CTT, referiu que a aplicação CTT Comércio Local “é uma solução revolucionária, que serve para ajudar a preservar e proteger o comércio local”.

“Estamos muito contentes por trazer esta oferta para o concelho de Braga, já que a nossa ligação a Braga é muito próxima”, destacou o administrador executivo dos CTT, justificando que “só fazia sentido” este projecto ser articulado com os municípios e as associações empresariais. “Estamos muito contentes com esta parceria”, congratulou-se.

Este projecto vem na linha do investimento que os CTT tem feito. “Desde o início da pandemia sentimos a obrigação de reforçar este investimento e acelerar para ajudar que a economia não parasse e trazer para o mundo digital as pequenas e médias empresas e as grandes empresas que ainda não tinham presença no mundo digital”, explicou João Sousa, confirmando que se desenvolveu este projecto em “tempo recorde”.

A solução, desenvolvida em parceria com a empresa portuguesa Localshop, é fornecida às autarquias e associações empresariais, que por sua vez a disponibilizam aos comerciantes e produtores locais, que passam a ter os produtos das suas lojas disponíveis nesta aplicação.

O consumidor poderá, através do telemóvel e tendo em conta a sua localização, ver que comerciantes e produtores da região estão presentes na aplicação, entrar em cada uma das lojas, efectuar as compras e pagar através de MB Way, cartão de crédito ou cartão de débito.

Deixa o teu comentário