Braga, segunda-feira

Cónego José Marques recordado na apresentação da Bracara Augusta

Diversos

08 Maio 2021

Marlene Cerqueira

Assíduo colaborador da Bracara Augusta, o cónego José Marques foi recordado na apresentação do 68.º volume da revista cultural do Município, da qual era assíduo colaborador há mais de 30 anos.

A apresentação do Volume LXVIII da revista cultural ‘Bracara Augusta’ fica marcada pela homenagem ao cónego José Marques, historiador falecido em Janeiro, mas que ainda contribuiu para esta edição com dois artigos agora publicados.


Apresentado ontem, no auditório da Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva (BLCS), este volume da revista ‘Bracara Augusta’ corresponde aos números 126 e 127, do ano 2020. A publicação acontece agora, devido aos adiamentos provocados pela situação de pandemia.
 

 Lídia Dias, vereadora da Cultura, destacou precisamente que este volume “é especial” por incluir dois artigos do cónego José Marques, que “foi uma figura ímpar, uma pessoa de uma sensibilidade extraordinária e de generosidade ainda maior, além de detentor de um conhecimento muito alargado que ao longo dos anos foi partilhando num contributo desprendido e devoto” para com esta revista cultural.


“Devemos-lhe muito”, assumiu a vereadora, que lhe dedicou este volume da revista, agradecendo a presença de familiares do falecido historiador que marcaram presença na sessão.
 

 Também o director da revista, Luís da Silva Pereira, assumiu que esta apresentação decorreu “com pesar”, porque “falta aqui uma pessoa que sempre esteve em todas as apresentações que fiz dos volumes desta revista”, um “colaborador assíduo, há mais de 30 anos, desta publicação”. Referia-se igualmente ao cónego José Marques, anunciando que em breve “teremos um número dedicado ao seu currículo”.


O director da revista destacou “as excepcionais capacidades humanas” do historiador, “o seu profundo conhecimento histórico” e o facto de, “sendo uma figura de craveira nacional e internacional cativar pela sua simplicidade”.


“Foi um investigador incansável. Ainda para este número nos enviou dois artigos, que já não pode ver publicados. Fica o testemunho dele e a colaboração numa obra que sentia como sua”, referiu o director, expressando “profunda gratidão, admiração e amizade para com o professor doutor José Marques”.


Luís da Silva Pereira traçou ainda a síntese do conteúdo deste novo volume da ‘Bracara Augista’, que congrega um conjunto de artigos relacionados com temáticas ligadas à historiografia do território português, com incidência na Lourinhã, Braga e extremo Noroeste de Portugal.
 

 Os artigos incluÍdos neste volume são da autoria dos investigadores Paulo Oliveira, Aurélio de Oliveira, José Carlos Gonçalves Peixoto, Aida Maria Reis da Mata, Eduardo Pires de Oliveira, José Marques, Duarte Chaves, António José Ferreira Afonso, João M. Fernandes e José Bastos Machado.


A Bracara Augusta – Revista Cultural da Câmara Municipal de Braga teve a sua origem no Boletim do Arquivo Municipal de Braga, publicado a partir de 1935. Já com a designação de ‘Bracara Augusta’, o 1.º volume, composto por vários boletins, é editado em Agosto de 1949. Desde então, foram já publicados 68 volumes.


Ainda este ano deve ser trazido à estampa mais um volume, especialmente dedicado a André Soares.

Deixa o teu comentário