Braga, quinta-feira

Costa assume que Governo foi além dos peritos na reabertura das aulas até ao 1º ciclo

Nacional

11 Março 2021

Lusa

O primeiro-ministro assumiu hoje que o Governo foi além da posição dos especialistas ao estender a reabertura das aulas na segunda-feira até ao 1º ciclo, invocando os efeitos nefastos do encerramento das escolas no desenvolvimento da aprendizagem.

O primeiro-ministro assumiu hoje que o Governo foi além da posição dos especialistas ao estender a reabertura das aulas na segunda-feira até ao 1º ciclo, invocando os efeitos nefastos do encerramento das escolas no desenvolvimento da aprendizagem.

"O Governo teve em conta dados como o impacto que o encerramento das escolas tem no desenvolvimento das crianças e do respetivo processo de aprendizagem no encerramento das escolas", declarou António Costa na conferência de imprensa em que apresentou o plano de desconfinamento do executivo.

Perante os jornalistas, o líder do executivo defendeu que, em termos globais, o seu executivo procurou "analisar de forma equilibrada os diferentes níveis de preocupação que qualquer Governo deve ter em conta para definir um plano de desconfinamento".

A seguir, António Costa admitiu que, na questão da reabertura das aulas presenciais até ao 1º ciclo, "não seguiu a rigorosamente a recomendação" dos professores Raquel Duarte e Óscar Felgueiras, especialistas que propunham que nesta segunda-feira apenas abrissem creches e jardins de infância.

"Mas o Governo alargou essa abertura ao 1º ciclo e, por outro lado, juntou o terceiro ao segundo ciclo, assim como o Superior ao Ensino Secundário. Consideramos que é fundamental que o processo de aprendizagem seja afetado o mínimo possível", justificou.

António Costa referiu depois que o seu Governo "lutou até ao último momento para não encerrar escola nenhuma".

"E sempre dissemos que a reabertura seria uma das primeiras a tomar. Assim o estamos a fazer", declarou.

Este plano de desconfinamento, acentuou o primeiro-ministro, "corresponde à necessidade de controlar a pandemia e de ir reabrindo com segurança a atividade da sociedade, sem correr riscos".

"Este é um plano conservador com uma reabertura a conta gotas", acrescentou.

Deixa o teu comentário