Braga, sábado

Covid.19: África com 159 mortos nas últimas 24 horas e total de 1.245.230 infeções

Internacional

31 Agosto 2020

Lusa

África registou 159 mortos devido à covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando agora 29.589 vítimas mortais num universo de 1.245.230 infeções, de acordo com dados oficiais.

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), que reúne os dados mais recentes dos relatórios oficiais dos 55 membros da organização, refere hoje que desde domingo foram registados na região 8.160 casos e dados como recuperados 6.681 doentes.
 

No total, em África existem atualmente 975.643 recuperados do novo coronavírus.
 

O maior número de casos e mortos continua a registar-se na África Austral, com 670.084 infeções e 15.015 mortos. Só a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza 625.056 casos e 14.028 vítimas mortais.
 

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem agora 228.417 pessoas infetadas e 8.479 mortos e na África Ocidental o número de infeções subiu para 159.960 e o de vítimas mortais para 2.386.
 

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é de 133.104 e 2.670 mortos e na África Central estão contabilizados hoje 53.665 casos e 1.039 óbitos.
 

O Egito, que é o segundo país com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.399 mortos e 98.727 casos, seguindo-se a Argélia, com 1.501 mortos e 44.146 casos.
 

Marrocos contabiliza hoje 61.399 infetados e 1.111 vítimas mortais.
 

Nos seis países mais afetados, estão também a Nigéria, que regista 53.865 infetados e 1.013 mortos e o Sudão, onde estão registados 13.189 infetados e 823 mortos.
 

Entre os países africanos lusófonos, e de acordo com os dados divulgados pelas autoridades oficiais destes países, Cabo Verde lidera em número de casos (tem hoje 3.852 casos e 40 mortos), seguindo-se Moçambique (3.821 casos e 23 mortos), Angola (2.624 casos e 107 mortos). São Tomé e Príncipe, com 895 casos e 15 vítimas mortais, e a Guiné-Bissau (2.205 infeções e 34 mortos) mantêm os indicadores desde sábado.
 

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), registou 4.941 pessoas infetadas e 83 mortes, segundo os dados mais recentes, atualizados na sexta-feira.
 

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.
 

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 843 mil mortos e infetou mais de 25 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho