Braga, quinta-feira

Covid-19: Alemanha regista quase 100 mil casos curados

Internacional

22 Abril 2020

Redação

A Alemanha contabiliza hoje 99.400 pessoas curadas da covid-19, mais 4.200 casos comparando com terça-feira, e 4.879 mortos, mais 281, de acordo com os números oficiais.

A Alemanha contabiliza hoje 99.400 pessoas curadas da covid-19, mais 4.200 casos comparando com terça-feira, e 4.879 mortos, mais 281, de acordo com os números oficiais.

O Instituto Robert Koch informa que há 145.694 casos de covid-19, um aumento de 2.237 em relação a terça-feira

A Baviera, o maior estado federado do país, continua a ser o mais afetado, calculando um total de 38.814 casos e 1.424 óbitos.

Por causa da pandemia de covid-19, a região cancelou esta terça-feira a famosa Oktobertfest de Munique, que deveria realizar-se de 19 de setembro a 4 de outubro, com mais de 6 milhões de visitantes esperados.

Também a maratona de Berlim foi cancelada. A capital decretou o uso obrigatório de máscara de proteção ou similar nos transportes públicos, já a partir do dia 27 de abril. A mesma medida foi anunciada também em vários outros pontos do país.

A partir de 04 de maio, os museus de Berlim vão poder, no entanto, reabrir, de acordo com um anúncio feito na terça-feira. Vão também voltar a funcionar as bibliotecas, respeitando medidas de segurança especiais, e atos religiosos ou eventos ao ar livre até o máximo de 50 pessoas.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 176 mil mortos e infetou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios. 

Mais de 567 mil doentes foram considerados curados.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram, entretanto, a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria, Espanha ou Alemanha, a aliviar algumas das medidas.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho