Braga, sexta-feira

Covid-19 apanhou Inês Rodrigues (CT Braga) na pior altura

Desporto

11 Abril 2020

Redação

A cumprir o último ano no escalão de sub-16, a jovem tenista bracarense enfrenta uma paragem que se pode vir a revelar muito complicada para o seu futuro, já que em Dezembro sobe de escalão.

Jogadora do Clube de Ténis de Braga (CTB), Inês Rodrigues cumpre o seu último ano como atleta do escalão de sub-16. Para os jogadores nestas condições, a paragem decorrente da Covid-19 representa um mal maior já que acontece precisamente no ano em que, a partir de Dezembro, sobem de escalão.

Inês acredita que ainda poderá disputar este ano algumas competições no seu actual escalão mas é certo que, pese o treino que continua a fazer em casa, não chegará ao dia em que a competição arranque no mesmo momento de forma que teria se a paragem não tivesse acontecido.

“Recebi do treinador um plano de treino físico, que contempla diversas vertentes, como a força, resistência e flexibilidade”, esclarece Inês Rodrigues. “Os treinos são-me enviados semanalmente pelo treinador (Hélder Araújo) e são variados, semana a semana. Tenho espaço em casa que me permite executar todos esses exercícios”.

A última competição que Inês disputou antes do interregno do calendário competitivo foi o campeonato regional por equipas sub-16 onde a equipa do Clube de Ténis de Braga se sagrou vice-campeã regional, garantindo assim o apuramento para o nacional. Curiosamente, da equipa faziam parte também a sua irmã Raquel, Laura Durão e Helena Bueno.

Voltando ao dia-a-dia sem as idas ao court, Inês reconhece que “custa muito, claro” mas vai tentando manter o melhor possível a condição física para encarar o regresso que, em sua opinião, “ainda vai demorar algum tempo. Quando as coisas estabilizarem e houver condições, regressaremos aumentando gradualmente a intensidade ao lon- go do tempo”.

Antes da paragem, Inês Rodrigues tinha agendados, entre outros, os torneios A de sub -16, na Figueira da Foz (Abril) e Paços de Brandão (Maio).

Agora, resta esperar que a paragem não seja muito demorada, e que consiga ainda participar em algumas competições, neste que é o seu último ano como atleta do escalão de sub-16.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho