Braga, sexta-feira

Covid-19: Apoio social para trabalhadores independentes também para profissionais da Cultura- PM

Nacional

04 Junho 2020

Redação

Os profissionais independentes do setor da Cultura vão receber, em julho e em setembro, um apoio social semelhante ao que é atribuído aos trabalhadores independentes, ao qual não conseguem aceder devido à intermitência da sua atividade, foi hoje anunciado.

Os profissionais independentes do setor da Cultura vão receber, em julho e em setembro, um apoio social semelhante ao que é atribuído aos trabalhadores independentes, ao qual não conseguem aceder devido à intermitência da sua atividade, foi hoje anunciado.

O primeiro-ministro António Costa, recordando que “todos os mecanismos próprios do Estado Social e todos os mecanismos garantidos pela Segurança Social muitas vezes não são aplicáveis a estes profissionais”, devido à intermitência inerente à atividade, irão receber, “em julho e em setembro, o pagamento de duas prestações de uma vez e meia, correspondente a três vezes 438 euros, como medida de apoio social”.

Esta medidas foram anunciadas por António Costa no final do Conselho de Ministros, que aprovou o Programa de Estabilização Económica e Social, um plano que vai vigorar até ao fim do ano e que enquadrará o futuro Orçamento Suplementar.

O primeiro-ministro, recordando que as salas de espetáculos, cinema e teatro começaram a poder retomar a atividade na segunda-feira, depois de quase três meses encerradas devido à pandemia da covid-19, salientou que “provavelmente muitos daqueles que trabalham no setor cultural não terão ainda nos próximos meses o rendimento que habitualmente teriam”.

“Sabemos também que é um setor onde o grau de precariedade e de informalidade tem uma particular incidência”, afirmou.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho