Braga,

Covid-19: Casos subiram 25,9% em Guimarães, 17% em Famalicão e 12,6% em Braga

Regional

26 Outubro 2020

Lusa

O número de casos ativos de infeção pelo novo coronavírus teve 25,9% de aumento percentual em Guimarães numa semana, seguindo-se Vila Nova de Famalicão com 17% e Braga com 12,6%, revelam relatórios da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O concelho de Guimarães, entre dia 19 de outubro e hoje, registou 446 novos casos covid-19, subindo de 1.722 casos reportados para 2.168
 

Em igual período de tempo, Braga reportou 230 novos casos: de 1.819 passou a 2.049 infeções ativas.
 

Já Vila Nova de Famalicão registava 1.021 casos há uma semana, mas hoje soma 1.195 (mais 174), isto de acordo com análise feita pela Lusa aos boletins da DGS que discriminam os “casos confirmados” por concelho, informação detalhada que é divulgada à segunda-feira.
 

Estes concelhos do distrito de Braga são os únicos da região Norte com números que ascendem aos quatro dígitos, à exceção da Área Metropolitana do Porto, bem como de Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras, sujeitos desde sexta ao dever de permanência no domicílio.
 

Portugal contabiliza hoje mais 27 mortos relacionados com a covid-19 e 2.447 novos casos confirmados de infeção, segundo o boletim epidemiológico da DGS.
 

A região Norte continua a registar o maior número de novas infeções diárias, hoje com mais 1.633 casos, totalizando 51.932, e 1.030 mortos, dos quais oito nas últimas 24 horas, desde o início da pandemia em março.
 

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
 

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.
 

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho