Braga,

Covid-19: Confirmado primeiro caso na região espanhola da Andaluzia

Internacional

26 Fevereiro 2020

Lusa

As autoridades de saúde da Andaluzia, sul de Espanha, confirmaram hoje o primeiro caso de infeção por Covid-19 na região, precisando que se trata de um paciente que foi admitido num hospital em Sevilha.

A informação foi confirmada pela Secretaria regional de Saúde à agência espanhola EFE, indicando que a pessoa em questão está internada no Hospital Virgen del Rocío de Sevilha e está a receber tratamento.
 

Após a confirmação do caso, o comité consultivo para o novo coronavírus na Andaluzia irá reunir-se hoje à tarde, remetendo mais informações para depois da reunião.
 

Espanha está entre os países com nível de risco “moderado” de contágio desde a passada segunda-feira (dia 24) após a progressão do novo coronavírus em Itália e o caso de um turista italiano que esteve hospedado num hotel em Adeje (Tenerife), situação que levou ao isolamento de cerca de mil turistas alojados naquela unidade hoteleira por indicação das autoridades sanitárias.
 

O Ministério da Saúde espanhol, através do diretor do Centro de Coordenação de Alertas e de Emergências Sanitárias, Fernando Simón, anunciou hoje que o nível de risco “moderado” será mantido, de forma a garantir a identificação precoce de eventuais casos no país, que já contabiliza um total de 10 casos de infeção.
 

Este número global já contabiliza o caso detetado na Andaluzia e um segundo caso de infeção confirmado hoje na Catalunha: um jovem de 22 anos que recentemente viajou para Itália.
 

Em declarações em Madrid, Fernando Simón assinalou que o risco é moderado, realçando, no entanto, que não é uma situação aplicada a todo o país e que nas zonas onde não há casos positivos o risco é baixo.
 

Os novos casos na Andaluzia e na Catalunha ainda não eram conhecidos quando Fernando Simón prestou hoje declarações na capital espanhola.
 

Na altura, o responsável indicou que os casos de infeção confirmados em Espanha tinham sido todos importados, enumerando as zonas afetadas: quatro em Tenerife, um em Castellón, dois em Madrid e outro em Barcelona.
 

O novo coronavírus Covid-2019 foi detetado pela primeira vez no final do ano em Wuhan, na província de Hubei (centro da China).
 

Desde então, e a par do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, foram confirmados outros casos de infeção do novo coronavírus em cerca de 40 países e territórios.
 

O Covid-19 já infetou mais de 80.000 pessoas em todo o mundo, segundo os números das autoridades de saúde dos países e territórios afetados.
 

Depois da China continental, Japão, Coreia do Sul, Singapura, Itália e Irão são os países e territórios com mais casos de infeção.
 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) avisou na segunda-feira que o mundo tem de se preparar para uma “eventual pandemia” do novo coronavírus, considerando “muito preocupante” o “aumento repentino” de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho