Braga, segunda-feira

Covid-19: DGS diz que em caso de muitos testes positivos no futebol risco será avaliado

Desporto

10 Maio 2020

Redação

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, afirmou hoje que, caso os testes às equipas de futebol derem um número elevado de casos positivos de covid-19, terá de ser equacionada pelas autoridades a avaliação de risco.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, afirmou hoje que, caso os testes às equipas de futebol derem um número elevado de casos positivos de covid-19, terá de ser equacionada pelas autoridades “a avaliação de risco”.

“É uma situação muito complexa, conciliar o retorno da atividade do futebol com regras sanitárias e de segurança. É difícil definir linhas vermelhas. Se os testes feitos às equipas derem um número elevado de pessoas positivas, terá de ser equacionada pelas autoridades de saúde de nível local, regional e nacional a avaliação do risco em concreto”, disse a diretora-geral da Saúde, na conferência diária sobre a evolução pandemia, que decorreu em Lisboa.

Graças Freitas referiu que existem medidas preventivas e de testagem que estão “previstas e consensualizadas entre todos”.

“De acordo com os resultados, está prevista a intervenção da autoridade de saúde. Qualquer decisão de avaliação do risco e de medidas em concreto envolve os três níveis: local, regional e nacional. As regras vão ser cumpridas, aguardemos os resultados e depois vamos avaliar os riscos”, acrescentou.

Três jogadores do Vitória de Guimarães tiveram resultados positivos à covid-19, nos testes efetuados pelo clube, informou no sábado o emblema da I Liga portuguesa de futebol.

"Tendo em conta o plano de contingência do Vitória SC para a sua equipa de futebol profissional no âmbito da pandemia de covid-19, informa-se que no decorrer dos exames de rastreio realizados no dia 08/05/2020, aos atletas, equipa técnica e staff de apoio, três atletas testaram positivo para SARS CoV2", lê-se num comunicado dos vitorianos.

De acordo com o mesmo documento, "todos os atletas em questão se encontram clinicamente bem, assintomáticos e em isolamento, com o apoio do clube, cumprido todas as diretrizes da Direcção-Geral da Saúde (DGS), tendo sido os casos prontamente notificados".

Na conferência de hoje, a ministra da Saúde, Marta Temido, referiu que o Governo continua a trabalhar para que seja possível o regresso da I Liga de futebol.

“Mantém-se a intenção do Governo de avaliar a possibilidade que temos para a retoma das competições no final deste mês. Aliás, neste momento começamos a ter outros países com os quais podemos aprender lições, a Alemanha vai retomar a Bundesliga no dia 16. Estamos a aperfeiçoar o nosso pensamento e a aprender com os outros”, salientou.

No plano de desconfinamento, devido à pandemia de covid-19, o Governo definiu que a I Liga de futebol e a final da Taça de Portugal vão poder ser disputados, permitindo também desportos individuais ao ar livre, excluindo a continuidade da II Liga.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 279 mil mortos e infetou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.135 pessoas das 27.581 confirmadas como infetadas, e há 2.549 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho