Braga,

Covid-19: DGS reitera apelo a participantes em eventos para terem cuidado

Nacional

12 Junho 2020

Redação

A diretora-geral da Saúde reiterou hoje o apelo aos participantes e às entidades organizadoras cerimónias religiosas para que tenham muito cuidado e obedeçam às recomendações da Direção-Geral da Saúde estabelecidas devido à pandemia da covid-19.

A diretora-geral da Saúde reiterou hoje o apelo aos participantes e às entidades organizadoras cerimónias religiosas para que “tenham muito cuidado” e obedeçam às recomendações da Direção-Geral da Saúde estabelecidas devido à pandemia da covid-19.

Graça Freitas foi questionada a propósito da peregrinação internacional prevista para hoje e sábado a Fátima, tendo aproveitado para sublinhar apelos para vários setores de atividade e eventos propícios a ajuntamentos de pessoas.

“Esperemos que mais uma vez seja observado tudo o que está dito, nomeadamente a não concentração de pessoas. Com a liberdade religiosa que há, com o direito a peregrinar que todos teremos, também temos o dever de observar novas regras, novas formas de viver, novas formas de estar”, disse Graça Freitas.

Na habitual conferência de imprensa diária sobre a covid-19, a diretora-geral da Saúde lembrou a “nova forma de estar” que merece “muito cuidado”.

“Podemos rezar e ir aos locais de culto, mas sempre com uma nova forma de estar. Apelo é para quem organiza e quer quem participa, tenha muito cuidado. Temos de pedir muito a quem opera os serviços, os restaurantes, às entidades organizadoras dos eventos que elas próprias tenham um sentido cívico e façam observar as regras nos espaços que estão abertos para que a nossa sociedade funcione e o nosso tecido empresarial recupere”, referiu.

E, insistindo na ideia de que além de quem participa e de quem gere o evento, outras pessoas têm responsabilidades, Graça Freitas reiterou o apelo a todos os intervenientes.

“Os operadores tenham a capacidade de ajudar os cidadãos a cumprirem regras porque precisamos às vezes que nos ajudem quando estamos distraídos”, afirmou.

O Santuário de Fátima acolhe hoje e sábado a peregrinação internacional aniversária de junho, presidida pelo bispo auxiliar de Lisboa, Américo Aguiar, a primeira com a presença de peregrinos desde o início da pandemia de covid-19.

Segundo fonte oficial, o programa da peregrinação inicia-se hoje com o rosário na Capelinha das Aparições, no Santuário de Fátima, seguindo-se a Procissão das Velas e uma celebração da Palavra no Altar do Recinto de Oração, a partir das 21:30.

No sábado, as cerimónias começam pelas 09:00, com o rosário na Capelinha das Aparições e a missa internacional decorre a partir das 10:00, no Recinto de Oração, com a tradicional Bênção dos Doentes e a Procissão do Adeus.

A principal peregrinação anual de Fátima, de 13 de maio, foi realizada em pleno estado de emergência e de forma inédita, sem peregrinos no recinto.

As cerimónias com a assistência de fiéis regressaram no dia 30 de maio, no âmbito das medidas de desconfinamento decretadas pelo Governo e que previam o reatamento dos cultos religiosos presenciais.

Portugal contabiliza pelo menos 1.505 mortos associados à covid-19 em 36.180 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho