Braga, quarta-feira

Covid-19: Espanha volta a registar ligeiro aumento diário de mortes para 435

Internacional

22 Abril 2020

Redação

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 435 mortes devido ao novo coronavírus, um ligeiro aumento em relação aos 430 de terça-feira, havendo até agora um total de 21.717 óbitos, segundo as autoridades sanitárias do país.

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 435 mortes devido ao novo coronavírus, um ligeiro aumento em relação aos 430 de terça-feira, havendo até agora um total de 21.717 óbitos, segundo as autoridades sanitárias do país.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 4.211 novos casos positivos, um aumento em relação a terça-feira, mas na mesma escala de valores dos últimos dias, levando o total de infetados para 208.389.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 85.915 pessoas foram consideradas recuperadas depois de terem contraído a doença, mais de 41% do número de casos positivos.

A região com mais casos positivos da covid-19 é a de Madrid, com 59.199 infetados e 7.577 mortos, seguida pela da Catalunha (43.802 e 4.247), a de Castela-Mancha (17.321 e 2.140), a de Castela e Leão (16.839 e 1.554) e a do País Basco (13.044 e 1.124).

Com a curva de novos infetados a cair, e apesar de o país ainda estar em confinamento, Espanha prepara medidas de mitigação, a última das quais permitirá que as crianças até aos 14 anos possam sair para passear a partir de 26 de abril.

O Governo espanhol acabou por retificar a medida que tinha anunciado na terça-feira de manhã, que apenas permitia que os menores saíssem para acompanhar um adulto ao supermercado, à farmácia ou ao banco, e que provou uma onda de críticas por parte dos partidos políticos, dos presidentes regionais e mesmo um pedido de retificação do Unidas Podemos, o parceiro de extrema-esquerda no Governo liderado pelo PSOE (socialistas).

Esta medida faz parte da proposta para prolongar o atual estado de emergência por mais duas semanas, de 26 de abril até 09 de maio, que deverá ser aprovada hoje pelo parlamento.

O executivo espanhol também anunciou na terça-feira ao fim do dia que fixava o preço máximo de venda das máscaras em 0,96 euros por unidade.

A Espanha, o terceiro país com mais mortos devido à pandemia do coronavírus, a seguir aos Estados Unidos e da Itália, está sujeita desde 15 de março a medidas rigorosa de contenção social.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 176 mil mortos e infetou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria, Espanha ou Alemanha, a aliviar algumas das medidas.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho