Braga, terça-feira

Covid-19: Gil Vicente adianta que jogo com Portimonense não está em risco

Desporto

22 Setembro 2020

Redação

O Gil Vicente considera que, mesmo sem treinar no relvado devido à covid-19, o jogo de domingo com o Portimonense, para a I Liga portuguesa de futebol, "não está em risco", adiantou hoje à Lusa fonte do clube.

O Gil Vicente considera que, mesmo sem treinar no relvado devido à covid-19, o jogo de domingo com o Portimonense, para a I Liga portuguesa de futebol, "não está em risco", adiantou hoje à Lusa fonte do clube.

O plantel está a preparar a receção aos algarvios, relativa à segunda jornada e agendada para as 16:00 de domingo, com treinos individuais a partir das casas dos futebolistas, depois das autoridades de saúde terem impedido os treinos conjuntos na semana passada, face aos 18 casos positivos identificados no clube minhoto, entre 11 e 13 de setembro.

O novo coronavírus infetou 10 jogadores, cinco elementos da equipa técnica e da restante estrutura do futebol, incluindo o treinador principal, Rui Almeida, e três pessoas sem ligação ao futebol profissional, informou a mesma fonte.

Segundo fonte do clube, ainda nenhuma das pessoas infetadas recuperou, mas os restantes elementos do futebol gilista apresentaram resultados negativos nas duas rondas de testes ocorridas na semana transata e vão ser novamente testados 48 horas antes do jogo com o Portimonense, de acordo com o regulamento da Liga de Clubes.

O embate com a turma de Portimão pode marcar a estreia dos ‘galos' na edição 2020/21 da I Liga, depois do encontro da primeira ronda, com o Sporting, em Lisboa, previsto para as 18:30 do passado sábado, ter sido adiado para a semana entre 12 e 16 de outubro.

O jogo entre Sporting e Gil Vicente, duas equipas com casos confirmados de covid-19, foi o primeiro do principal campeonato português a ser adiado, depois das autoridades de saúde terem decidido "não estarem reunidas as condições necessárias" para a sua realização.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 965.760 mortos e mais de 31,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.925 pessoas dos 69.663 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho