Braga, sábado

Covid-19: Hospital de Braga retoma cirurgias, consultas e exames programados

Regional

15 Maio 2020

Redação

O Hospital de Braga está, desde o início de maio, a retomar "gradualmente" a atividade assistencial programada, com o reagendamento de cirurgias, consultas e exames que tinham sido suspensos por causa da pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

O Hospital de Braga está, desde o início de maio, a retomar "gradualmente" a atividade assistencial programada, com o reagendamento de cirurgias, consultas e exames que tinham sido suspensos por causa da pandemia de covid-19, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o Hospital de Braga sublinha que o plano interno estabelecido para a organização da retoma assistencial teve em conta a adoção de um conjunto de medidas para a salvaguarda e proteção dos utentes e dos profissionais.

Assim, o número de pessoas a circular no Hospital de Braga foi "restringido ao essencial", garantindo a possibilidade de manutenção de distâncias de segurança quer em espaços de circulação, quer em espaços de espera.

O hospital também reforçou o aconselhamento prévio aos utentes para não se fazerem acompanhar por outras pessoas, informando-os ainda que deverão comparecer com a antecedência estritamente necessária para efetivar os atos agendados, cerca de 15 minutos .

Paralelamente, manter-se-á a medição da temperatura corporal e a utilização generalizada de máscaras pelos utentes e profissionais.

As cirurgias foram retomadas tendo em conta a prioridade clínica e o tempo de espera, tendo os agendamentos a preocupação de garantir a menor concentração de pessoas nos espaços, respeitando os tempos cirúrgicos dedicados.

O Hospital de Braga mantém uma sala operatória dedicada a cirurgias de doentes covi-19, tendo sido também reativada a atividade nos blocos periféricos.

No âmbito da atividade de consulta externa, houve um alargamento do horário de funcionamento, sendo, no entanto, privilegiada a consulta não presencial, sempre que possível.

Foi também considerado "algum alargamento de espaçamento" entre consultas, por forma a garantir que não se exceda o número máximo de pessoas em simultâneo nas diferentes áreas.

Quanto aos meios complementares de diagnóstico e terapêutica, nomeadamente nas colheitas de sangue, alargou-se o horário de funcionamento, evitando-se assim a concentração de pessoas nos mesmos espaços.

A atividade de internamento programado será implementada de forma gradual, realocando espaços de internamento aos diversos serviços, tendo em conta a necessidade de manutenção de circuitos separados para o tratamento de doentes covid-19.

"O reagendamento da atividade assistencial programada no Hospital de Braga pretende salvaguardar o cumprimento escrupuloso das orientações determinadas pelas autoridades de saúde, continuando a dar resposta à situação de pandemia que se vive", remata o comunicado.

Portugal contabiliza 1.190 mortos associados à covid-19 em 28.583 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia. Relativamente ao dia anterior, há mais seis mortos (+0,5%) e mais 264 casos de infeção (+0,9%).

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho