Braga, segunda-feira

Covid-19: Hospital S. José recebeu quatro doentes da região Norte que precisam de ECMO

Nacional

15 Novembro 2020

Lusa

O Hospital São José, em Lisboa, recebeu quatro doentes com covid-19 da região Norte que necessitam de ECMO, um dispositivo de circulação extracorporal essencial ao tratamento de doentes críticos, avançou à Lusa instituição.

“O Centro Hospitalar Lisboa Central (CHLC) [onde está integrado o Hospital São José], está a fazer resgates de ECMO (cuidados intensivos) de doentes covid-19 da região Norte", indica, numa nota enviada à Lusa.
 

Na sexta-feira recebeu doentes dos hospitais de Penafiel, Pedro Hispano, em Matosinhos, e de Bragança e hoje recebeu um doente do Hospital de Guimarães.
 

“Esperamos que o confinamento reduza nos próximos dias a pressão sobre o SNS [Serviço Nacional de Saúde]”, sublinha o CHLC, adiantando a que “a gestão dos doentes funciona em pleno entre as unidades”.
 

O Centro Hospitalar e Universitário de S. João, no Porto, os hospitais de Santa Maria e de S. José são centros de referência para ECMO.
 

Portugal registou 6.602 novos casos de infeção com o novo coronavírus e 55 mortes associadas à doença covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado hoje.
 

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 3.305 mortes e 211.266 casos de infeção pelo novo coronavírus, estando hoje ativos 85.444 casos, mais 1.412 do que na sexta-feira.
 

O maior número de novos casos diários de infeção com o SARS-Cov-2 foi registado na sexta-feira, com 6.653 casos.
 

Segundo o boletim, a região Norte regista o maior número de infeções e de mortos nas últimas 24 horas, seguindo-se a região de Lisboa e Vale do Tejo.
 

Os mais recentes dados indicam que 62,9 por cento dos novos casos foram contabilizados na região Norte, onde também se registou mais de metade das vítimas mortais (28) das últimas 24 horas.
 

Em Lisboa e Vale do Tejo, verificaram-se 1.563 novos casos e 17 mortos. 
 

Portugal contabiliza pelo menos 3.305 mortos associados à covid-19 em 211.266 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).
 

O país está em estado de emergência desde 09 de novembro e até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 114 concelhos, número que passa a 191 a partir de segunda-feira.
 

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho