Braga, terça-feira

Covid-19: Presidente da Câmara de Viana do Castelo apela ao uso de máscara em espaços públicos

Regional

23 Setembro 2020

Redação

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo apelou hoje à população do concelho para que utilize a máscara de proteção individual nos espaços públicos, cumprindo "orientações" da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo apelou hoje à população do concelho para que utilize a máscara de proteção individual nos espaços públicos, cumprindo "orientações" da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Em comunicado hoje enviado às redações, o autarca socialista José Maria Costa apelou ainda ao "cumprimento distanciamento social", evitando "grupos ou atividades que não cumpram as regras da DGS", para que "não se deite por terra um esforço muito grande” que foi feito “ao longo destes meses".

"Somos todos convocados a sermos parceiros num esforço nacional em prol da saúde pública. Cada um de nós é um agente de saúde pública", reforça o autarca, citado naquela nota.

A diretora-geral da Saúde informou na segunda-feira que, em breve, será publicada uma nova orientação que recomenda o uso de máscara em espaços públicos movimentados, sempre que não seja possível assegurar o distanciamento físico.

“Muito brevemente, e depois de termos consultado os peritos nacionais e internacionais, vai sair uma orientação no sentido de que quando as pessoas, no exterior, não conseguirem garantir para elas ou para os outros a distância física recomendada, deverão usar máscara”, afirmou Graça Freitas.

Atualmente, a máscara só é obrigatória em espaços interiores fechados, como estabelecimentos comerciais, de prestação de serviços ou escolas, e nos transportes públicos.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 965.760 mortos e mais de 31,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.925 pessoas dos 69.663 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho