Braga, quinta-feira

Covid-19: Rampa da Penha em automobilismo anulada devido a riscos pandémicos

Desporto

12 Outubro 2020

Redação

A Rampa da Penha, em Guimarães, prova de automobilismo do Campeonato de Portugal de Montanha, prevista para o próximo fim de semana, foi hoje anulada pelas autoridades sanitárias devido à atual situação pandémica.

A Rampa da Penha, em Guimarães, prova de automobilismo do Campeonato de Portugal de Montanha, prevista para o próximo fim de semana, foi hoje anulada pelas autoridades sanitárias devido à atual situação pandémica.

“Por razões de saúde pública, tendo em conta a situação epidemiológica que se verifica na região Norte e em particular no concelho de Guimarães, em resultado da pandemia da doença covid-19 e acatando principio da precaução em saúde, é impreterível que sejam adotadas a título preventivo medidas mais restritivas, sendo assim o nosso parecer para a realização da “Rampa da Penha” nos próximo dias 17 e 18 de Outubro de 2020, é desfavorável (...).”, justificaram as autoridades competentes.

A DEMOPORTO e a Confraria de Nossa Senhora da Penha, organizadores da competição, assumiram a “surpresa” com a decisão, contudo também revelam “compreensão”.

Paralelamente, realçaram que tinham previsto “um plano de prevenção e contenção da doença, de acordo com as regras estabelecidas pela FPAK, juntamente com a DGS”.

“Estamos cientes dos riscos e da necessidade de implementar medidas de segurança e procedimentos de acordo com a atual situação pandémica. Na Penha pretendíamos implementar uma serie de procedimentos de segurança que iam de encontro às medidas de contenção necessárias, de acordo com a nossa experiência de provas prévias”, declarou Carlos Cruz, presidente da DEMOPORTO.

Há duas semanas esta empresa organizou o Rally Montelongo, pontuável para o Campeonato da Europa, “prova que se pautou pelo sucesso, tendo decorrido sem quaisquer incidentes sanitários”.

“Para a Rampa da Penha, o mesmo clube pretendia implementar um plano de contingência semelhante”, completou Carlos Cruz.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e sete mil mortos e mais de 37,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.094 pessoas dos 87.913 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho