Braga, quinta-feira

Covid-19: Santa Casa da Póvoa de Lanhoso começou a receber doentes

Regional

21 Novembro 2020

Redação

A Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso já está a receber doentes covid-19, disponibilizando nesta fase 80 camas, mas com possibilidade de alargar até às 200, em caso de necessidade, informou hoje a ARS-Norte.

A Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso já está a receber doentes covid-19, disponibilizando nesta fase 80 camas, mas com possibilidade de alargar até às 200, em caso de necessidade, informou hoje a ARS-Norte.

Os primeiros doentes foram recebidos na sexta-feira, no âmbito de um protocolo assinado com o Ministério da Saúde, para aliviar a “pressão” dos hospitais mais sobrecarregados, libertando-os para as situações mais agudas.

Em comunicado, a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) esclarece que esta resposta vem associar-se a outras, igualmente já em funcionamento ou a entrarem nos próximos dias, na região Norte, e que, para além das 45 camas já protocoladas com o Hospital Escola da Universidade Fernando Pessoa, 50 com o Hospital das Forças Armadas – Porto e 20 em unidades do Grupo Trofa Saúde, já ultrapassou as 200 camas.

O Governo anunciou na segunda-feira a abertura de mais de 230 camas de internamento para o Norte, que resultam da "reorganização" de serviços, adaptação de espaços e que provam o "esforço" do Serviço Nacional de Saúde para "dar respostas" no âmbito da pandemia da cvid-19.

O anúncio foi feito pela ministra da Saúde, Marta Temido, em Vila Verde, distrito de Braga, durante a cerimónia de assinatura de acordos com 10 Misericórdias, presidida pelo primeiro-ministro, António Costa.

Na ocasião, o primeiro-ministro salientou que "esta é mais uma prova da colaboração imprescindível" entre o Estado e a União das Misericórdias.

"As misericórdias são colaboradoras de sempre do Serviço Nacional de Saúde. São 400 no país, existem mais 390 a que podemos alargar estes protocolos", disse.

Portugal contabiliza hoje mais 62 mortos relacionados com a covid-19 e 6.472 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 3.824 mortes e 255.970 casos de infeção, estando ativos 82.767, mais 31 do que na sexta-feira.

A DGS indica que das 62 mortes registadas nas últimas 24 horas, 24 ocorreram na região Norte, 23 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 09 na região Centro, cinco no Alentejo e uma no Algarve.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho