Braga, terça-feira

Covid-19: Total de 17.669 mortes em Itália, 542 óbitos nas últimas 24 horas

Internacional

08 Abril 2020

Redação

O número de mortes em Itália com o novo coronavírus ascendeu hoje a 17.669, com mais 542 óbitos nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência dos últimos dias de redução das vítimas mortais provocadas pela pandemia.

O número de mortes em Itália com o novo coronavírus ascendeu hoje a 17.669, com mais 542 óbitos nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência dos últimos dias de redução das vítimas mortais provocadas pela pandemia.

O número total de casos desde a deteção do vírus em 20 de fevereiro situa-se nos 139.422, mais 3.836 em relação a terça-feira, um número algo superior ao dia anterior, mas que confirma a contenção da propagação, segundo os dados divulgados por Angelo Borrelli, o responsável pela Proteção civil.

Atualmente existem 95.262 doentes e o número de casos positivos de infeção pela covid-19 subiu para 1.195 em 24 horas, face aos 880 de terça-feira, quando se registou o número mais baixo desde 10 de março. Um total de 26.491 pessoas estão curadas, mais de mil nas últimas 24 horas.

A grande maioria dos casos positivos, 63.084 (66%), está em isolamento domiciliário, outros 28.485 hospitalizados com sintomas – menos que no dia anterior – e 3.693 permanecem nos cuidados intensivos, também um número inferior e que indica uma redução destes doentes graves pelo quinto dia consecutivo.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,4 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 82 mil.

Dos casos de infeção, cerca de 260 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho