Braga, quarta-feira

Covid-19: Um futebolista do Moreirense está infetado

Desporto

10 Maio 2020

Redação

Um jogador do Moreirense está infetado com o novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, na sequência dos testes realizados no sábado, informou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol no sítio oficial.

Um jogador do Moreirense está infetado com o novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, na sequência dos testes realizados no sábado, informou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol no sítio oficial.

"Todo o plantel do Moreirense Futebol Clube, bem como toda a sua respetiva estrutura, realizou ontem [sábado] de manhã os testes de rastreio ao SARS-CoV-2 [novo coronavírus], testes serológicos e PCR (zaragatoa), tendo-se registado um caso positivo num atleta", lê-se na nota publicada pelo emblema da vila minhota de Moreira de Cónegos.

A confirmação do caso positivo surgiu após a equipa do concelho de Guimarães ter regressado ao trabalho na segunda-feira de manhã, com o plantel, de 26 elementos, dividido entre o Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, onde o Moreirense realiza os seus jogos oficiais como anfitrião, e o Campo das Oliveiras, em Serzedelo (Guimarães), espaço onde treina regularmente.

Os jogadores do oitavo classificado da I Liga, com 30 pontos, voltaram aos treinos no relvado, de forma individual, na sequência das medidas de desconfinamento aprovadas pelo Governo, que permitem a realização das 10 jornadas que restam no campeonato a partir de 30 e 31 de maio.

Desde a suspensão do campeonato, em 12 de março, até ao regresso aos treinos, na passada segunda-feira, jogadores, equipa técnica e restantes elementos da estrutura de futebol ‘cónega' permaneceram em casa, preenchendo regularmente questionários relativos aos sintomas da covid-19, elaborados pelo departamento médico.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 280 mil mortos e infetou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.135 pessoas das 27.581 confirmadas como infetadas, e há 2.549 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho