Braga, segunda-feira

Covid-19: Vistoria a estádios da I Liga de futebol arranca na quinta-feira

Desporto

13 Maio 2020

Redação

As visitas para avaliar as condições de segurança e higiene nos estádios para o retomar da competição vão começar na quinta-feira, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

As visitas para avaliar as condições de segurança e higiene nos estádios para o retomar da competição vão começar na quinta-feira, anunciou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

“A Liga Portugal e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), apoiadas por uma empresa especializada, iniciam esta quinta-feira a visita aos estádios de nível 2 e 3 da Liga NOS. Nas visitas, serão avaliadas as condições de segurança e higiene dos recintos para a retoma da competição”, refere a LPFP em comunicado.

Na quinta-feira, os técnicos especialistas vão realizar visitas aos estádios do Moreirense, Rio Ave, Paços de Ferreira, Desportivo das Aves, Tondela, Vitória de Setúbal e Portimonense.

“Desta ação, resultará um relatório que será posteriormente remetido à Direção-Geral da Saúde”, acrescenta o documento.

Este processo, dirigido pela diretora executiva de competições da Liga, Helena Pires, será apoiado em permanência por Carlos Lucas, diretor de competições da FPF.

A Liga portuguesa de futebol, suspensa desde 12 de março, deverá regressar em 04 de junho, com a disputa da 25.ª jornada.

O FC Porto lidera com 60 pontos, mais um do que o Benfica, segundo, enquanto o Sporting de Braga é terceiro com 46 e o Sporting quarto com 42.

No domingo, a Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu o parecer técnico sobre as condições do regresso da Liga à competição, no seguimento da decisão do Governo de 30 de abril, quando o executivo enquadrou esta competição profissional como uma das atividades autorizadas ao desconfinamento.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 294 mil mortos e infetou mais de 4,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.175 pessoas das 28.132 confirmadas como infetadas, e há 3.182 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho