Braga, sábado

Demolição da antiga igreja românica abre projeto "Áudio derivas" do Teatro da Didascália

Regional

28 Abril 2020

Redação

A transformação de Joane, em Vila Nova de Famalicão, nos últimos tempos, com as suas consequências políticas, sociais e económicas são um dos temas analisados em Áudio derivas, projeto de 'podcasts' do Teatro da Didascália, 'online' a partir de hoje.

A transformação de Joane, em Vila Nova de Famalicão, nos últimos tempos, com as suas consequências políticas, sociais e económicas são um dos temas analisados em “Áudio derivas”, projeto de 'podcasts' do Teatro da Didascália, 'online' a partir de hoje.

O 'podcast' de abertura é dedicado àquilo que a companhia considera um “atentado histórico” – a demolição da antiga igreja românica do Divino Salvador de Joane –, que deu lugar à construção da nova igreja daquela vila do concelho de Vila Nova de Famalicão.

Sons urbanos, recolhidos no local, vozes, narrativas, procura de factos, na desmontagem de "histórias mal contadas", sustentam o esforço do Teatro da Didascália, que neste 'podcast' de abertura recorda os factos que remontam à década de 1950 e levaram à demolição da igreja histórica, em 1978, uma "peça de arte", com mais de 900 anos, que marcou o início de uma comunidade, anterior à nacionalidade.

“Escapadelas sonoras pela paisagem de Joane” é como o Teatro da Didascália designa o projeto “Áudio derivas” que, num formato "mais ou menos documental, mais ou menos ficcionado", propõe aos ouvintes uma viagem sonora pelas divagações do processo de pesquisa, em torno do projeto "Paisagem Efémera – natural e rural".

Este projeto mais amplo constitui uma nova criação do Teatro da Didascália, que parte das transformações ocorridas no território de Joane, ao longo dos tempos, e que, por esta altura, devia estar em fase de conclusão das primeiras intervenções 'performativas', previstas para se realizarem nesta quarta-feira e em 31 de maio.

A covid-19 impossibilitou, porém, a realização do primeiro encontro público, atirando-o para outubro próximo, pelo que o Teatro da Didascália decidiu partilhar com o público o trabalho já produzido, em formato de 'podcast'.

A direção artística é de Bruno Martins, a coordenação geral de Cláudia Berkeley e os criadores são António Júlio, Bruno Martins, José Nuno Lima, Margarida Gonçalves, Rui Souza, Valter Alves.

O projeto tem coordenação Zoom de Vera Santos, direção técnica de Valter Alves, produção de Raquel Passos, comunicação de Sara Rosa Oliveira e design gráfico de Rui Verde.

Os locutores deste primeiro episódio são Bruno Martins, António Júlio, Rui Souza, Margarida Gonçalves e o ´podcast` está disponível em https://soundcloud.com/user-322545705/audio-derivas-1.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho