Braga, quarta-feira

Desemprego cai para 6,8% em dezembro face a novembro, mas sobe para 7,2% em janeiro

Nacional

03 Março 2021

Lusa

A taxa de desemprego foi de 6,8% em dezembro de 2020, caindo 0,3 pontos percentuais em cadeia, mas aumentando 0,1 pontos percentuais em termos homólogos, e terá subido para 7,2% em janeiro, segundo o INE.

A taxa de desemprego foi de 6,8% em dezembro de 2020, caindo 0,3 pontos percentuais em cadeia, mas aumentando 0,1 pontos percentuais em termos homólogos, e terá subido para 7,2% em janeiro, segundo o INE.

De acordo com as "Estimativas Mensais de Emprego e Desemprego" divulgadas hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), os dados provisórios apontam que, em janeiro, a taxa de desemprego (segundo o conceito da Organização Internacional de Trabalho) tenha aumentado para 7,2%, mais 0,4 pontos percentuais do que no mês precedente e do que em janeiro de 2020.

O INE refere que, segundo a estimativa revista (mas ainda provisória) de dezembro de 2020, a população desempregada foi de 347,0 mil pessoas, tendo diminuído 5,9% (21,9 mil pessoas) em relação a novembro e 0,2% face a dezembro de 2019.

A taxa de desemprego de jovens foi estimada em 23,7%, a que corresponde um acréscimo de 0,3 pontos percentuais relativamente ao mês precedente.

A taxa de desemprego dos adultos situou-se, por sua vez, em 5,7% e diminuiu 0,3 pontos percentuais por comparação com a taxa de novembro de 2020.

A taxa subutilização de trabalho – um indicador que agrega a população desempregada, o subemprego de trabalhadores a tempo parcial, os inativos à procura de emprego, mas não disponíveis e os inativos disponíveis, mas que não procuram emprego – situou-se em 13,7% em dezembro, menos 0,3 pontos percentuais do que no mês anterior e mais 1,1 pontos percentuais do que um ano antes.

A diminuição mensal da taxa de subutilização do trabalho neste mês resultou da redução da população desempregada (5,9%) e do subemprego de trabalhadores a tempo parcial (7,6%).

A população empregada, por sua vez, diminuiu 0,8% (37,5 mil) em dezembro de 2020 relativamente ao mês anterior e recuou 1,6% (79,9 mil) face ao mesmo mês de 2019, somando 4.766,2 mil pessoas.

Em relação a janeiro de 2021, os dados provisórios do INE indicam que a população empregada recuou 1,7% (79,0 mil) em relação ao mês anterior e diminuiu 3,5% (169,8 mil) relativamente ao mesmo mês de 2020.

Já a população desempregada aumentou 4,2% (14,5 mil) em janeiro face ao mês anterior e 2,7% (9,5 mil) por comparação com janeiro de 2020.

A taxa de desemprego situou-se em 7,2%, valor superior em 0,4 pontos percentuais tanto em relação ao do mês precedente como ao de janeiro de 2020.

A taxa subutilização de trabalho em janeiro, por sua vez, situou-se em 14,2%, aumentando 0,5 pontos percentuais em relação ao mês anterior e 1,7 pontos percentuais face ao mesmo mês de 2020.

Segundo o INE, o aumento mensal da taxa de subutilização do trabalho em janeiro resultou, principalmente, do aumento da população desempregada (mais 4,2%).

Deixa o teu comentário