Braga, quarta-feira

Desgaste físico tem sido muito, mas resultados ajudam a suportar - Sá Pinto

Desporto

01 Dezembro 2019

Lusa

Ricardo Sá Pinto disse hoje que os resultados ajudam a suportar o desgaste físico do Sporting de Braga e frisou a importância de vencer o Rio Ave, na segunda-feira, na 12.ª jornada da I Liga de futebol.

A equipa minhota vem de um jogo, na quinta-feira, exigente fisicamente, no empate caseiro com os ingleses do Wolverhampton (3-3), que lhe garantiu o apuramento para os 16 avos de final da Liga Europa, e o técnico admite fazer alterações para ter a equipa na "máxima força".
 

"A equipa animicamente está feliz, fez um feito extraordinário de passar este grupo tão complicado, quando não éramos candidatos a passar. O desgaste tem sido muito, mas quando há resultados também ajuda a suportar isso. Poderei fazer aqui uma ou outra alteração para a equipa estar na máxima força. Há jogadores que ao fim do terceiro jogo poderão não estar a cem por cento como gostaria, mas poderão ajudar durante o jogo", admitiu.
 

Na segunda-feira, os ‘arsenalistas’ recebem o Rio Ave, equipa que tem os mesmos pontos (15), e Sá Pinto antevê dificuldades.
 

"É uma equipa que tem uma ideia de jogo muito positiva, pratica bom futebol, gosto particularmente das equipas do Carlos [Carvalhal, treinador do Rio Ave]. É um adversário difícil, que já demonstrou que fora de casa é perigoso, como em Alvalade, por duas vezes. Vêm frescos fisicamente, motivados e prevemos um jogo muito difícil", disse.
 

Para Sá Pinto, "estão em causa não só os três pontos [da vitória], mas mais, porque é um adversário direto pelas competições europeias".
 

"Queremos aproveitar também que o adversário que está mais à frente [Famalicão] perdeu. É uma oportunidade para subirmos na tabela", referiu.
 

Sem Wallace, lesionado, e Esgaio, castigado, Sá Pinto vai seguramente ter que mexer na defesa, e não vai poder contar ainda com Trincão, a contas com uma amigdalite, e Claudemir, com uma mialgia.
 

"Gosto de ter todos os jogadores disponíveis, prefiro ter as tais dores de cabeça de escolher. O Raul Silva também ainda não está a 100 por cento, são contingências de qualquer equipa, mas temos jogadores que estavam à espera de jogar e espero que lhes corra bem para correr bem à equipa", disse.
 

O treinador frisou a ideia de que o Sporting de Braga está a "fazer uma época muito boa”.
 

“Estou muito satisfeito, mas agora temos que dar continuidade, não podemos parar por aqui, não podemos baixar em nenhuma competição”, referiu.
 

Para isso, Ricardo Sá Pinto quer que a equipa mude o ‘chip’ para o campeonato.
 

"Temos de estar sempre alertas e focados, às vezes há dissabores depois de grandes feitos nas competições europeias, mas isso pode ter que ver com o adversário, o próprio jogo ou por questões físicas", notou.
 

Sá Pinto disse ainda esperar que "o relvado esteja em boas condições".
 

"É importante para nós e para o próprio espetáculo, é um relvado pesado, que é difícil para estarmos mais disponíveis, isso tem sido uma contrariedade para nós, espero que se resolva a partir de terça-feira [vai ser mudado]", disse.
 

Sporting de Braga, nono classificado, com 15 pontos, e Rio Ave, sétimo, também com 15, defrontam-se a partir das 18:45 de segunda-feira, no Estádio Municipal de Braga.

Deixa o teu comentário