Braga, quarta-feira

Domingo com teatro para toda a família no Parque da Devesa

Diversos

29 Maio 2021

Lusa

Apresentação da peça Herbário marca o encerramento do Mês da Família e antecipa o Dia Mundial da Criança

Um manifesto poético e musical para toda a família. Assim é a peça de teatro “Herbário” que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão propõe para este domingo, 30 de maio, no anfiteatro do Parque da Devesa, para encerrar o Mês da Família e antecipar o Dia Mundial da Criança que se assinala já na próxima terça-feira, 1 de junho.
 

O espetáculo gratuito, da autoria da companhia de teatro “O Som do Algodão”, está marcado para as 10h00 e tem lotação limitada de 127 lugares, seguindo as diretrizes emanadas pela Direção-Geral da Saúde. Dulce Moreira e Mariana Santos integram o corpo técnico e artístico do espetáculo que tem duração prevista de 45 minutos.

 
O “Herbário” promete levar o público numa viagem sensorial e sonora pela floresta. A partir do livro “Presos”, de Oliver Jeffers, e do “Herbário”, de Jorge Sousa Braga, Prémio Gulbenkian da Literatura Infantil, desenha-se uma encruzilhada de histórias e poemas que convida a regressar à terra, às origens, a buscar o sentido nas pequenas coisas.
 

Refira-se que o Som do Algodão é um projeto artístico e educativo que une narração oral e música para miúdos e graúdos. Gente que se junta para dar vida às histórias, à música e às palavras e para partilhar com todos os sorrisos, a melancolia, as aventuras, o amor, a amizade, a magia e o brilho que habitam em cada conto, em cada poema e nas sonoridades mais surpreendentes. Feito a pensar nas crianças, mas também nos pais, avós, amigos ou irmãos, O Som do Algodão é um projeto de intervenção cultural para toda a família, que integra uma vasta seleção de contos originais e tradicionais, leituras encenadas e oficinas artísticas. Este vasto portefólio faz parte integrante da programação regular da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto, e visita, regularmente, escolas, colégios, jardins-de-infância, teatros e auditórios em todo o país.

Deixa o teu comentário