Braga, terça-feira

DST premeia obra poética com 25 mil euros

Regional

04 Fevereiro 2020

Redação

As Candidaturas ao Grande Prémio de Literatura DST estão abertas até dia 1 de Março. Este ano, por ser a 25.ª edição, o prémio é de 25 mil euros.

O Grande Prémio de Literatura dst comemora este ano 25 anos de existência. Instituído pelo dstgroup, cedo se afirmou como um dos mais importantes no panorama cultural português, enquanto promotor da língua e dos autores portugueses de obras. O grupo, liderado por José Teixeira, assinala as bodas de prata da iniciativa com um prémio que, este ano, ascenderá a 25 mil euros. O prémio, que rotativamente distingue o melhor da literatura nacional, ora em poesia ora em prosa, homenageia nesta edição comemorativa a criação poética de autores portugueses nascidos e residentes em território nacional. As inscrições para o Grande Prémio de Literatura dst estão abertas até ao dia 1 de Março, podendo candidatar-se obras daquele género literário, publicadas em 2018 e 2019.

O Grande Prémio de Literatura dst contará uma vez mais com os elementos do júri, Vítor Manuel de Aguiar e Silva a presidir, José Manuel Mendes e Carlos Mendes de Sousa, personalidades de reconhecido mérito que, ao longo de mais de duas décadas, têm assumido o desígnio de seleccionar as obras vencedoras do prémio literário criado pelo dst-group, um dos mais dinâmicos promotores da arte e da cultura em Portugal da actualidade.

As cinco obras finalistas serão seleccionadas até ao dia 1 de Maio e o prémio será entregue no dia 3 de Julho, numa cerimónia a decorrer no Theatro Circo, no âmbito da programação da Feira do Livro de Braga, que conta novamente com o mecenato do dstgroup.

O Grande Prémio de Literatura dst nasceu com o objectivo de premiar obras originais, em dois géneros literários, escritas em português por autores portugueses, contribuindo assim para a promoção e valorização das literaturas de língua portuguesa.

Ao longo de 25 anos, o prémio, no valor de 15 mil euros, cresceu em notoriedade, afirmando-se como um dos mais reconhecidos em Portugal, e também em número de participantes, o que denota o interesse e o prestígio que tem gerado junto da comunidade de autores e do sector.

A aposta na divulgação da língua, da literatura portuguesa e dos seus autores e na promoção dos hábitos de leitura continuará a ser um dos principais desígnios deste prémio, que distinguiu, nos últimos cinco anos, autores como Luísa Costa Gomes, Manuel Alegre, Mário Cláudio, Daniel Jonas e Lídia Jorge.

Deixa o teu comentário