Braga, quarta-feira

Esposende: Forjães celebra 32 anos de elevação a vila

Regional

30 Junho 2021

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Completam-se hoje 32 anos da elevação de Forjães à categoria de vila, uma marco na história desta localidade do concelho de Esposende. A data vai ser assinalada de forma simbólica, com uma eucaristia e uma salva de morteiros.

Forjães celebra hoje o 32.º aniversário da elevação a categoria de vila. A data vai ser assinalada de forma muito simbólica devido à situação pandémica que ainda e vive no país.


Às 19 hora vai ser celebrada uma eucaristia de acção de graças, na igreja paroquial, seguindo-se o lançamento de uma alva de morteiros.


“É uma celebração simbólica porque com a pandemia não é possível, nem recomendável, fazermos mais do que isto. No entanto, não poderíamos deixar passar a data em branco”, explica Manuel Ribeiro, presidente da Junta de Freguesia da Vila de Forjães ao ‘Correio do Minho’.


O autarca realça que a elevação à categoria de vila marcou uma nova era para esta localidade esposendense, actualmente com cerca de 2600 eleitores.


A Junta de Freguesia está sediada num edifício histórico, o Centro Cultural Escolas Rodrigues de Faria. Trata-se de O edifício construído da década 20 do século XX para albergar a descola primária, tendo sido pago pelo benemérito que lhe dá nome, António Rodrigues Alves de Faria. Foi inaugurado em 1934, tendo sido apresentado na altura como a melhor escola do país.


Em 2001 a escola primária encerrou e o edifício foi reconvertido em Centro Cultural, albergando também a sede da Junta de Freguesia.


O interior do Centro Cultural está decorado com uma colecção de azulejos da autoria de Jorge Colaço que invocam os grandes feitos da pátria portuguesa.


Os azulejos foram elaborados em Forjães, entre Março e Setembro de 1933. ‘Camões e os Lusíadas’, ‘O Tritão’, ‘O piloto cristão’, ‘A descoberta do Brasil’, ‘África e o Oriente’ e ‘As grandes batalhas’ são os títulos dos painéis.


A celebrar hoje aniversário, pode dizer-se que Forjães recebeu uma prenda antecipada. O clube da terra, que é uma referência no concelho e na área da Associação de Futebol de Braga, sagrou-se, no domingo passado, campeão da Pro-Nacional. Após a vitória por 2-1 no primeiro jogo em casa do GD Joane, o Forjães SC, equipa orientada por Carlos Viana, empatou a um golo em casa garantindo o título de campeão distrital e a subida ao Campeonato de Portugal.


Manuel Ribeiro dá os parabéns à equipa e realça a importância deste feito para a Vila.

Deixa o teu comentário