Braga, quinta-feira

Estádio do Bessa tem sido um autêntico cabo dos trabalhos

Desporto

27 Dezembro 2020

Redação

Desde que os axadrezados regressaram ao convívio com os grandes, em 2014, só por duas vezes, em sete jogos, o SC Braga venceu na casa do Boavista. Reencontro com o professor Jesualdo em vista.

É um Boavista revigorado aquele que o SC Braga encontrará amanhã (21 horas), no duelo da 11.ª jornada da I Liga. Os axadrezados estão abaixo das expectativas criadas para esta época - ocupam o 16.º lugar, com apenas 9 pontos -, mas mostraram uma outra faceta na última ronda do campeonato, no empate a uma bola na casa do Paços de Ferreira. Esse jogo, de resto, marcou a estreia de Jesualdo Ferreira no comando técnico dos boavisteiros, técnico que substituiu Vasco Seabra.

Ora, o duelo de amanhã vai marcar o reencontro de Jesualdo com o SC Braga, clube que representou em dois momentos distintos da sua carreira como treinador.

O jogo desta segunda-feira disputa-se no Estádio do Bessa, um recinto onde o SC Braga perdeu nas duas últimas visitas (2-0 em 19/20 e 4-2 em 18/19) e no qual só triunfou num par de vezes nas últimas sete deslocações (uma delas para a Taça da Liga), desde que os portuenses regressaram à I Liga, em 2014, depois de alguns anos nas divisões inferiores.

Neste ‘clássico’ do futebol português, o Braga procurára manter a perseguição aos da frente, somando a oitava vitória na I Liga e chegando aos 24 pontos.

Deixa o teu comentário