Braga, sexta-feira

Estádio Municipal de Braga "é um problema muito complicado" - António Salvador

Desporto

18 Abril 2020

Redação

O Estádio Municipal de Braga é "um problema muito complicado" para o Sporting Clube de Braga porque é propriedade da autarquia local e não pode ser alvo de grandes alterações, lamentou hoje António Salvador.

O Estádio Municipal de Braga é "um problema muito complicado" para o Sporting Clube de Braga porque é propriedade da autarquia local e não pode ser alvo de grandes alterações, lamentou hoje António Salvador.

Numa sessão da rubrica ‘Duas de Letra', na rede social Facebook do Sporting Clube de Braga, o presidente do clube minhoto respondeu a várias perguntas de adeptos ‘arsenalistas' e, sobre o Estádio Municipal de Braga, disse ser "um problema muito complicado".

"Por muito que queiramos torná-lo mais acessível e cómodo para chamar mais gente, não é fácil porque não é nosso, é da câmara [municipal de Braga], e não podemos mexer nele [porque] tem um arquiteto [Eduardo Souto de Moura] que tem uma patente que é muito difícil alterar qualquer coisa".

António Salvador revelou que o Sporting Clube de Braga está a "trabalhar com as autoridades" de forma a "alterar o regulamento interno de segurança do estádio para poder abrir a alameda toda e ter ali uma ‘fan zone' e bares para os sócios e adeptos poderem conviver", disse, lamentando não ter um "estádio apropriado e direcionado para os adeptos".

Questionado sobre quando é que o Sporting de Braga poderá avançar para a construção de um estádio próprio, António Salvador respondeu: "não podemos dizer que é impossível, não gosto dessa palavra, precisamos de dar um passo de cada vez e temos de acreditar sempre. Vamos acabar a segunda fase da cidade desportiva e, quem sabe, no futuro, os sócios podem ser brindados com esta prenda [estádio novo]", disse.

O líder dos ‘arsenalistas' revelou ainda que as obras da segunda fase da cidade desportiva vão arrancar em breve.

"Sempre foi um dos nossos sonhos, da minha direção e dos sócios, criar uma cidade desportiva e um património do clube. Vamos agora iniciar a segunda fase, houve atrasos porque houve situações que tiveram que ser resolvidas, mas que estão todas ultrapassadas neste momento e, no próximo mês, vão começar as obras", disse.

Sobre o míni estádio, que se vai chamar Estádio Centenário, uma das valências previstas edificar na segunda fase e projetado para albergar, entre outros, os jogos da equipa B e da equipa feminina, "não vai ser colocado no mesmo local inicialmente" pensado para o efeito, que era entre o pavilhão e os campos de treino.

"Será noutro local" a revelar em breve, disse apenas.

Deixa o teu comentário

Bem-vindo á Antena Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho