Braga, quinta-feira

Euro2020: Fernando Santos espera jogo "extremamente difícil" mas para ganhar

Desporto

06 Setembro 2019

Redação

O selecionador Fernando Santos afirmou hoje que o duelo de sábado com Sérvia vai ser "extremamente difícil", mas acredita que Portugal pode vencer em Belgrado e relançar-se o apuramento direto para o Euro2020 de futebol.

O selecionador Fernando Santos afirmou hoje que o duelo de sábado com Sérvia vai ser "extremamente difícil", mas acredita que Portugal pode vencer em Belgrado e relançar-se o apuramento direto para o Euro2020 de futebol.

"O que queremos fazer é chegar ao Europeu através da fase de grupos e de preferência em primeiro lugar. Por isso, amanhã [sábado] queremos ganhar. Sabemos que vai ser um jogo extremamente difícil. Não podemos olhar para o lado e ignorar a mais valia da equipa da Sérvia, a qualidade dos seus jogadores, que atuam em grandes equipas do futebol europeu", afirmou Fernando Santos.

O selecionador português falava aos jornalistas na conferência de imprensa de antevisão do encontro do Grupo B de qualificação, no Estádio Rajko Mitic, palco do jogo, em Belgrado.

"Em Lisboa, a Sérvia jogou mais em contra-ataque. Acredito que desta vez vai atuar de forma diferente. Vai procurar vencer o jogo. Joga em casa, perante o seu público, e também precisa de ganhar. Nós acreditámos que somos capazes de vencer e é isso que vamos tentar fazer", referiu.

Fernando Santos considerou que Sérvia-Portugal não é um encontro decisivo nas contas do Grupo B, mas assumiu que as duas equipas estão proibidas de deixar fugir mais pontos.

"Não é decisivo, mas é importante. A Sérvia deverá atuar com as linhas mais subidas, à procura de pressionar Portugal mais à frente no terreno e nós estamos preparados para isso. Se calhar, vamos ter mais espaços e vamos querer aproveitar", disse o técnico de 64 anos.

O selecionador nacional assumiu ainda que jogadores como Bruno Fernandes, Bernardo Silva, João Félix e Cristiano Ronaldo são compatíveis num possível ‘onze' inicial de Portugal, mas rejeitou desvendar quais vão ser as suas opções.

"Neste momento, todos os 25 jogadores convocados são compatíveis. Pelo menos, até à meia noite. Depois tenho de tirar dois, porque só posso levar 23 para a jogo", afirmou.

No arranque do apuramento no Grupo B, a formação portuguesa somou dois empates caseiros, em Lisboa, no Estádio da Luz, com Ucrânia (0-0) e Sérvia (1-1).

A seleção lusa, detentora do título europeu, segue no quarto e penúltimo lugar do Grupo B com apenas dois pontos, embora tenha menos dois jogos que a Ucrânia, que lidera com 10, e que o Luxemburgo, que é segundo com quatro.

Com mais um jogo que Portugal, a Sérvia é terceira classificada, também com quatro pontos, enquanto a Lituânia segue em último, com apenas um ponto.

Os dois primeiros lugares do agrupamento dão acesso direto ao Euro2020. Caso falhe a qualificação no grupo, Portugal tem, pelo menos, assegurada a presença no ‘play-off', via Liga das Nações.

O encontro, que vai decorrer na ‘casa' do Estrela Vermelha, com capacidade para mais de 50 mil espetadores, está agendado para as 20:45 locais (19:45 em Lisboa) e terá arbitragem do turco Cüneyt Çakir.

Deixa o teu comentário